Folhablu | Pets idosos: como garantir qualidade de vida a cães e gatos mais velhos


Pets idosos: como garantir qualidade de vida a cães e gatos mais velhos

Publicado em: 2018-10-19 14:31:49

Envelhecer faz parte da vida de todos os seres, incluindo nossos pets. Como para eles o peso dos anos chega em uma velocidade maior do que para nós, é preciso saber que ao adotar um pet você também terá que acompanha-lo nessa fase de sua vida. Os cuidados preventivos devem ser levados mais a risca durante esse período, assim como o acompanhamento periódico com um médico veterinário de confiança.

 

 

Ganho de peso, pelos brancos em todo corpo e aumento da dependência dos tutores são alguns dos sintomas que aparecem tanto nos cães como nos gatos mais velhos. Ambas as espécies também sofrem com redução de energia, passando a dormir mais durante os dias e fazer atividades físicas com menor intensidade.

 

Segundo Marcio Barboza, gerente técnico Pet da MSD Saúde Animal, os animais podem ter qualidade de vida até o final da vida quando bem assistidos ao longo dos anos. A prevenção de doenças por meio de vacinação e eliminação de parasitas - como pulgas e carrapatos - ajuda na longevidade, bem como o diagnóstico precoce de doenças.

 

Quando considerar o pet idoso? Uma dúvida recorrente entre os tutores é se há uma idade específica em que o pet pode ser considerado idoso. Isso varia de acordo com o porte e raça do animal, mas no geral cães se enquadram como idosos a partir dos sete anos e gatos a partir dos seis.

 

Muitos médicos veterinários passam a recomendar iniciativas de cuidados específicos para animais mais velhos a partir dessa faixa etária, que pode incluir alimentação diferenciada e adequada às mudanças do metabolismo do pet, ajustes na casa - como a aplicação de rampas nos lugares em que o pet passa mais tempo -, uso de suplementos, entre outros. Para sugerir essas adequações, o veterinário costuma considerar o histórico médico do animal e as particularidades de sua saúde.

 

Por terem características fisiológicas diferentes, cães e gatos devem ter cuidados específicos durante essa fase. Os cães, por exemplo, tendem a ter mais problemas urinários quando mais velhos, bem como aumento de problemas nos dentes (cáries e tártaro) e diminuição da energia. Já nos gatos costuma-se observar mais problemas renais, ganho de peso e artrite.

 

“O tutor deve considerar as particularidades de cada espécie e raça para estabelecer cuidados preventivos ao longo da vida do animal”, ressalta Marcio, que finaliza “faça check-up periódicos com o seu veterinário - anual ou semestral, dependendo das condições de saúde do pet - e siga suas orientações”.

 

Para te ajudar nos cuidados com o seu pet que já está mais maduro, o veterinário traz algumas orientações:

  • Respeite o espaço do animal: cães e gatos mais velhos tendem a se isolar e ficar mais tempo no canto deles. Deixe-os quietinhos e interaja mais quando eles estiverem dispostos.

  • Hora certa: caso o pet faça uso de alguma medicação de uso contínuo, estabeleça uma rotina para que o remédio seja dado nos horários certos.

  • Segurança: se o seu pet já está com a visão comprometida, evite mudar os móveis de lugar com frequência, pois isso pode contribuir para possíveis batidas do seu amigo.

  • Xô, parasitas: mantenha a vermifugação e o uso de produtos anti-pulgas e carrapatos em dia, dando preferência a produtos de longa duração.

  • Dentes limpinhos: mantenha a escovação dos dentes do seu pet em dia. É comum que o animal desenvolva tártaro e cárie com o passar dos anos, por isso a prevenção é essencial.

  • Nada de pulos radicais: tente colocar objetos ou apoios que facilitem a subida e a descida dos animais dos móveis, já que saltos de locais altos podem prejudicar a articulação deles com o tempo.

 

 


Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 99210 7635
Redação Brasil: webmaster@folhablu.com.br | Redação Santa Catarina: blumenau@folhablu.com.br | Comercial: comercial@folhablu.com.br | Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: folhablu | WhatsApp: (47) 99210 7635
Blumenau - SC
Todos os direitos reservados