Folhablu | Symantec apresenta solução de segurança específica para a geração da nuvem


Symantec apresenta solução de segurança específica para a geração da nuvem

Publicado em: 2017-03-13 16:55:28

A Symantec Corp, empresa líder global em cibersegurança, apresentou inovações para sua Symantec Cloud Security Platform, ampliando sua liderança com a oferta mais abrangente de segurança na nuvem do mercado. À medida que as empresas adotam aplicativos e infraestrutura na nuvem em um ritmo jamais visto, a Symantec torna possível esta transição para a geração da nuvem por meio de uma proteção mais forte, maior visibilidade e melhor controle dos recursos, usuários e dados críticos. A Symantec Cloud Security Platform oferece um conjunto amplo e detalhado de soluções de segurança, entregues na nuvem e para a nuvem.

 

As empresas estão enfrentando uma mudança fundamental na forma como seus funcionários e clientes consomem tecnologia. O uso de dispositivos de propriedade pessoal, internet de alta velocidade onipresente e plataformas de computação baseadas na nuvem estão redefinindo o cenário de TI tradicional e fornecendo capacidades operacionais avançadas. Com a adoção de aplicativos e infraestrutura na nuvem totalmente terceirizados, a movimentação dos recursos, usuários e dados críticos ocorre bem além do perímetro tradicional de segurança corporativa.

 

Infelizmente, a maioria dos provedores de segurança simplesmente fornece partes isoladas daquilo que é necessário para proteger essas transformações, mas a geração da nuvem exige um novo modelo de segurança integrada. A Symantec Cloud Security Platform fornece, de forma única, todos os recursos para que o executivo responsável pela segurança da informação (CISO) de uma empresa moderna possa permitir com segurança a adoção da nuvem, enquanto unifica os ambientes na nuvem e os ambientes locais tradicionais para uma segurança integrada. A Symantec está impulsionando essa transformação com uma plataforma robusta e aberta que integra estruturas de compliance e segurança essenciais, enquanto entrega o conjunto mais abrangente de controles disponíveis para proteger os usuários e os dados organizacionais com os quais interagem.

 

"O valor para uma empresa que muda para aplicativos e serviços na nuvem é inegável. Ao mesmo tempo, os cibercriminosos olham para essa nova infraestrutura, sem fronteiras, como uma mina de ouro potencial", afirma Mike Fey, presidente e diretor de Operações da Symantec. "Devido à amplitude e detalhamento do nosso portfólio de segurança líder na categoria, junto com a maior rede global de ciberinteligência civil, a Symantec é o único provedor de cibersegurança no setor que pode enfrentar os desafios da geração da nuvem de forma holística, permitindo que nossos clientes tirem o máximo proveito da nuvem, enquanto ajudamos a garantir que suas informações críticas estejam seguras e protegidas".

 

Com o anúncio, a Symantec Cloud Security Platform ganha funções completamente novas para proteger recursos, usuários e dados críticos em toda a extensão da nuvem, alavancando o poder das soluções de segurança da Symantec, para ajudar os clientes nessa jornada.

 

As empresas devem garantir a segurança para usuários em seus dispositivos móveis e escritórios remotos em qualquer lugar do mundo e, ao mesmo tempo, devem proteger dados organizacionais trafegados. A Symantec agora integrou o Symantec Data Loss Prevention (DLP) com a solução via nuvem, Web Security Service (WSS). Isto resultou em uma plataforma integrada para ajudar a garantir segurança na web e proteção de dados organizacionais. Combinada as soluções Symantec Email.cloud e Cloud Access Security Broker (CASB), a solução DLP fornece uma transição segura para a geração da nuvem.

 

À medida que usuários e escritórios remotos movimentam-se além do perímetro tradicional, a proteção avançada deve segui-los, independentemente de sua localização. O novo Malware Analysis Advanced Service (MAAS) da Symantec oferece um sandbox com funcionalidade completa de detonação baseada em comportamento de arquivos no WSS, para ajudar a proteger usuários contra as ameaças mais avançadas do mundo. Isto se soma às funcionalidades de conteúdo multifatorial avançado e sandboxing emulado, introduzidas no início de 2016. O MAAS agora permite ao WSS entregar a funcionalidade completa de detonação baseada em comportamento para parar as ameaças mais sofisticadas.

 

As empresas que fazem a mudança para a nuvem são muitas vezes interrompidas pelo desafio de criar de forma completamente manual novos conjuntos de políticas com novos fornecedores, que podem gerar uma sobrecarga significativa para sua implantação e manutenção. A Symantec agora permite que os usuários ampliem as políticas locais existentes para a nuvem, com a nova Política Universal para o Web Security Service. Isso permite aos usuários gerenciar facilmente as políticas em todos os mecanismos de entrega - dispositivos, dispositivos virtuais, infraestrutura como serviço (IaaS), plataforma como serviço (PaaS) e nuvem.

 

Sem a devida visibilidade, controle e proteção de cargas de trabalho na nuvem pública, o risco organizacional aumenta substancialmente, à medida que empresas movimentam-se para alavancar seus aplicativos nesses ambientes de nuvem. Para tratar esta questão, a Symantec anunciou o Cloud Workload Protection para entregar a aplicação de políticas de segurança de forma automatizada e proteger os aplicativos contra exploits desconhecidos no Amazon Web Service (AWS) e Microsoft Azure. Disponível atualmente, o Cloud Workload Protection automatiza a segurança para cargas de trabalho na nuvem pública, entregando faturamento através da medição do consumo, descoberta rápida de carga de trabalho, maior visibilidade e proteção elástica para ajudar a garantir a adoção de cargas de trabalho na nuvem de forma segura.

 

Enquanto as empresas disponibilizam novos aplicativos e serviços na nuvem, é fundamental que protejam tanto as suas cargas de trabalho na nuvem quanto ambientes de rede para proteção completa dos aplicativos. Além do Cloud Workload Protection já anunciado, a Symantec também anuncia o suporte para AWS com seu Web Application Firewall. Construído sobre a base do Blue Coat ProxySG, o Symantec Web Application Firewall oferece proteções completas para proxy reverso e aplicativos web, uma cobertura Top 10 de acordo com a Open Web Application Security Project (OWASP), e tecnologia exclusiva de detecção de natureza do conteúdo para ajudar a garantir a adoção segura de aplicativos no AWS.

 

A solução CASB da Symantec agora suporta o Microsoft Azure, que permite que as organizações monitorem e registrem as atividades do usuário, aproveitando análises comportamentais e de aprendizado de máquina para detectar violações de contas. Com a Symantec CASB fica mais fácil gerar alertas, colocar usuários em quarentena e bloquear ações não sancionadas, ao fornecer ferramentas poderosas para navegar nos logs de atividade do usuário e rapidamente investigar incidentes.

 

"Atualmente, os cibercriminosos evoluem constantemente sua abordagem para acessar dados das organizações e atualmente os clientes precisam usar soluções diferentes para sua proteção, gerando um grande desafio", disse Doug Cahill, analista sênior da Enterprise Strategy Group. "Fornecedores, como a Symantec, que integram várias soluções para tratar a segurança na nuvem de forma holística, ajudam a criar eficiências operacionais e permitir que os clientes tirem o máximo proveito da nuvem, enquanto ajudam a garantir que suas informações críticas estejam seguras e protegidas".

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial