Folhablu | Marco Antônio: 'Não se faz nada pela saúde'


Marco Antônio: 'Não se faz nada pela saúde'

Publicado em: 2009-08-24 15:38:13

“A situação da saúde no Brasil é mais grave do que se possa imaginar. Não há recursos para fechar a questão e não está sendo feito nada, a não ser a tentativa de criar um novo imposto, que seria uma Contribuição Social da Saúde no valor de 0,1% de todas as operações financeiras”. A reclamação foi feita pelo vereador Marco Antônio Warnowsky (PSDB), ao lamentar que a proposta de emenda constitucional que aumenta o repasse do governo federal, de Estados e municípios para a saúde não foi votada até hoje. “Dizem que saúde é prioridade, mas na prática nada se faz e se remunera mal os prestadores e todos que trabalham com saúde. Dizem que saúde é prioridade e pessoas continuam morrendo nas filas dos hospitais. Até quando vamos pressionar deputados e senadores que, ao invés de se preocuparem com cartões corporativos, viagens e atos secretos, deveriam votar esta emenda que colocará um mínimo de recursos para financiamento da saúde?”, indagou Wanrowsky.

Para o vereador, grandes volumes de dinheiro são jogados pelo ralo e milhares de pessoas são contratadas em cargos comissionados, enquanto a televisão mostra todos os dias pessoas que não têm acesso a uma UTI. “Cada vez vejo a saúde pública minguar por falta de recursos”, lamentou o parlamentar. O vereador e médico alertou que “saúde é uma coisa muito mais complexa do que imaginamos, e se não houver decisão federal para criação de uma fonte definitiva de recursos, pessoas vão continuar morrendo, aguardando por uma cirurgia”. Também considera que “não adianta fazer mutirão, que resolve um problema em determinado momento, e não o problema central, que é o financiamento público da saúde”. Indignado, o representante tucano analisou que “a continuar desta forma, que se retire da Constituição que saúde é um direito de todos. Não é. É mais uma mentira, pois se assim fosse, as pessoas não ficariam tanto tempo na fila, esperando por um exame de alta complexidade, por uma cirurgia. Senhores, deputados e senadores, votem a emenda que recompõe em parte o que é necessário para a saúde pública funcionar”, apelou o tucano.

Fale com a Folhablu

MSN: msn@folhablu.com.br

Skype: skype@folhablu.com.br


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial