Folhablu | Para deputados, pacote para estimular a economia é fundamental no combate à crise


Para deputados, pacote para estimular a economia é fundamental no combate à crise

Publicado em: 2016-12-17 05:12:27

O anúncio de uma série de medidas econômicas mostra a preocupação do governo federal de buscar um ambiente no país que favoreça negócios, gere empregos, aumente a produtividade e combata a recessão. O lançamento do pacote ocorreu nesta quinta-feira, dia 15, mesmo dia da promulgação da Pec do Teto de Gastos pelo Congresso Nacional. Para os tucanos, isso mostra que o governo não está paralisado e atua para recolocar o país nos trilhos após a herança desastrosa deixada por Dilma e pelo PT.

 

No anúncio, o presidente Michel Temer ressaltou que as dificuldades encontradas pelo governo estão sendo vencidas “paulatinamente”. “Nós vamos pregando cada vez mais a reunificação e a pacificação do país. Acho que a tese do crescimento, produtividade e desburocratização ajuda até nesse tópico”, resumiu ao lado dos principais integrantes da equipe econômica.

 

Entre as medidas estão a simplificação de procedimentos de abertura e fechamento de empresas, nova negociação para dívidas de pessoas físicas e jurídicas, além de reduzir a burocracia do comércio exterior. “Precisamos diminuir o custo Brasil, que reduz a capacidade de competitividade nacional”, disse Temer.

 

O deputado Giuseppe Vecci (PSDB-GO) destaca as ações para estimular a atividade comercial, regularização das dívidas tributárias, tanto de empresas quanto de pessoas físicas, e o aumento de rentabilidade do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). “Todas as medidas microeconômicas que possam ajudar nesse momento de dificuldade são fundamentais para dar um empurrão nesse momento de crise e de falta de investimento”, disse o parlamentar.

 

Ainda de acordo com Vecci, que é economista e empresário, as ações planejadas pelo governo do presidente Michel Temer demonstram que o governo não está parado diante do quadro de recessão enfrentado pelo Brasil. Ele ressalta a importância de se adotar medidas que realmente façam o país voltar a crescer.

 

Segundo o deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), a extinção da multa sobre o valor do FGTS para quem desemprega é um avanço significativo. Ele recorda que quando essa penalidade foi criada, o país ainda vivia as consequências do desastroso governo de Fernando Collor.

 

Para o tucano, o equilíbrio das contas públicas e essas medidas são fundamentais para o Brasil sair da crise. “A regularização das dívidas tributárias de empresas e pessoas físicas com o governo e o aumento da rentabilidade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço para os trabalhadores dará fôlego para enfrentar os momentos mais difíceis”, opinou nesta sexta-feira, dia 16.

 

Rogério Marinho destacou ainda a necessidade de mais avanços na legislação trabalhista. "O governo precisa ousar, ser cada dia mais proativo", defendeu. Ele considerou positiva a decisão de permitir descontos dependendo da forma de pagamento: à vista ou no cartão de crédito. “Isso deve chegar ao bolso do consumidor e favorecer a competitividade entre as bandeiras de cartão de crédito”, avaliou.

 

As medidas anunciadas incluem ainda o aumento da oferta de crédito de longo prazo para a construção civil, a redução dos custos das linhas de crédito para micro e pequenas empresas e a ampliação do programa de microcrédito produtivo. Embora ainda não tenha uma dimensão do real impacto das medidas sobre a economia, o governo pretende fechar o quarto trimestre de 2017 com crescimento de 2,5%.

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial