Folhablu | Logística 4.0: como ela impacta os negócios?


Logística 4.0: como ela impacta os negócios?

Publicado em: 2018-07-18 17:28:57

 

Vivemos em um período de muitas transformações na sociedade, especialmente na forma como os procedimentos evoluem rapidamente e apresentam cada vez mais soluções para potencializar a capacidade e concorrência nos negócios. Sendo assim, a logística, processo fundamental de entrega e distribuição para as empresas, também se atualizou para conseguir acompanhar essa evolução. Com isso, surgiu a logística 4.0, que se baseia na criação de ações inovadoras para aperfeiçoar os processos das companhias.

 

O que é logística 4.0?

 

A logística 4.0 é um novo processo de fazer e pensar em logística. Ela se baseia em um modelo avançado de produção, gerenciamento e distribuição ágil de mercadorias, seja dentro do próprio país ou cruzando fronteiras internacionais. Por isso, os gestores precisam adotar cada vez mais ferramentas tecnológicas para que a empresa se mantenha competitiva no mercado. Caso contrário, ela será extinta, porque não poderá atender às exigências dos consumidores diante de seus concorrentes e essa verdade não perdoa ninguém.

 

Para exemplificar, se hoje a sua companhia leva entre sete e dez dias para garantir a entrega de uma mercadoria após o processo de compra pela internet, em um futuro próximo, esse tempo deverá ser reduzido. Caberá às corporações investir em processos eficientes para armazenamento de estoque e encaminhamento rápido dos produtos, sem perder o controle. Portanto, a logística 4.0 exige que as empresas tenham um planejamento e saibam reagir rapidamente diante das mudanças do mercado, com flexibilidade e eficiência.

 

Mas, nesse exemplo, será necessário enfrentar as barreiras geográficas e estruturais causadas pelas longas distâncias e a falta de infraestrutura logística (portos e rodovias estruturadas). Isso só será possível mediante a implantação de diferentes canais de distribuição e do uso de ferramentas tecnológicas.

 

Como a evolução da logística impacta nos negócios?

 

Os processos logísticos passaram por muitas mudanças ao longo dos anos. A logística iniciou com a Revolução Industrial na Inglaterra no século 18, quando começou a expansão das indústrias e o transporte de mercadorias por meio de navios. O processo cresceu ainda mais no século 19, quando a industrialização começou a chegar até a França e se expandir por meio das ferrovias.

 

A evolução da logística acompanhou a história da humanidade. Após o fim da Segunda Guerra Mundial, por exemplo, o mercado possuía muitas demandas e produtos foram criados para facilitar o dia a dia das pessoas. Nesse período, os estoques eram controlados de maneira manual, a comunicação mais lenta e os meios de transportes mais limitados. No século 20, a tecnologia começou a ganhar espaço na produção industrial. Com o surgimento dos computadores e da internet, a comunicação ficou mais rápida e os processos ganharam agilidade.

 

A globalização passou a ser uma realidade e as companhias tiveram mais facilidade para exportar e importar mercadorias. Foi nesse período também que surgiu o código de barras nos produtos, o que facilitou o controle dos estoques. A evolução da logística não parou por aí. A tecnologia foi ganhando cada vez mais força no mercado e novas ferramentas foram criadas. O computador ficou cada vez mais rápido e moderno e a internet ultrapassou os limites anteriores, ganhando velocidade e o protagonismo na sociedade.

 

Logo, a logística 4.0 está relacionada à automatização das fábricas e de todos os processos. Ela envolve não apenas o uso de computadores, mas de softwares, aplicativos e recursos em nuvem para controlar as operações. A operação logística está relacionada à facilidade de comunicação com o avanço da Internet das Coisas.

 

Da mesma forma que no passado as empresas precisaram se adaptar para “não morrer”, as companhias de hoje também devem acompanhar as mudanças, ou seja, investir pesado na tecnologia e potencializar resultados com o uso destes recursos é indispensável para empresas que desejam sair na frente da concorrência.

 

O big data, por exemplo, permite o armazenamento de dados que podem ser processados em alta velocidade. Na logística 4.0 ele está relacionado à coleta de informações de clientes, criação de pedidos e acompanhamento de entregas. Ele aumenta a eficiência operacional e permite a previsibilidade do envio de produtos.

 

Já a cloud computing possibilita que o gestor acesse as informações da empresa em tempo real. Ela proporciona recursos ilimitados, flexibilidade e segurança para os dados.

 

A Internet das Coisas, somada às tecnologias anteriores, impulsiona a logística com o uso de dispositivos móveis para o rastreamento de objetos. Sendo assim, será possível acompanhar os itens em tempo real, permitindo a conectividade e inteligência dos processos.

 

Enfim, a logística 4.0 permite que as companhias tenham processos mais organizados e transparentes para os consumidores. Ela poderá alavancar os negócios - para quem souber utilizar seus benefícios - ou fechar as portas de muitas organizações.

 

Por Fernando Alex

Executivo de contas da Benner

 

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial