Folhablu | Como reverter a desmotivação no trabalho?


Como reverter a desmotivação no trabalho?

Publicado em: 2018-07-16 17:02:42

Uma pesquisa da Universidade de Harvard sobre motivação individual trouxe um dado instigante. O estudo revela que um profissional pode passar a vida com um rendimento de 25% da sua capacidade no trabalho e ainda assim se manter no emprego. Se esse mesmo indivíduo for motivado corretamente, ele pode atingir 80% da sua capacidade em desempenho. Agora a pergunta que não quer calar: como criar um ambiente onde uma equipe realize o trabalho buscando o máximo da sua produtividade?

 

A verdade é que colaboradores quando são bem tratados e valorizados, se sentem inspirados e com perspectivas, e como resultado realizam o trabalho com empenho, buscando resultados para a empresa. Cada vez mais as organizações estão reformulando suas estruturas para sistemas de hierarquias cada vez mais enxutos e próximos dos funcionários.  Empresas preocupadas em ter profissionais felizes é certamente o que as diferencia no mercado e torna-as mais  competitivas.

 

Vivenciado diariamente os desafios das empresas para despertar maior  motivação e engajamento das suas equipes, ao mesmo tempo, convivendo com os anseios e expectativas dos colaboradores, alguns pontos são essenciais para gerar maior produtividade da equipe. Uma delas, sem dúvida, é deixar claro para todos qual é a razão de existir da empresa. Quando existe um propósito claro, o colaborador trabalha com foco mais direcionado, se torna mais produtivo e presta um atendimento ainda melhor aos clientes.

 

Outro ponto que costuma ter um impacto negativo na motivação do profissional é problemas de relacionamento com a liderança. Perder talentos por essa razão não é o que as empresas querem. Os colaboradores, de forma geral, precisam de inspiração e ter gestores que sejam exemplos de conduta faz toda a diferença. É fundamental que cada um tenha claro qual é a sua real missão dentro da empresa e a importância que sua atividade tem para a organização.

 

Não tem como deixar de mencionar também a importância de um bom  plano de cargos e salários. Mesmo que a atual geração de profissionais esteja mais preocupada com a satisfação profissional do que com  o dinheiro, o salário ainda pesa muito, sim, no conjunto de fatores que deixam o colaborador motivado. Por isso, ter um plano de cargos e salários bem definido com bom retorno financeiro é importante.

 

Já a humanização do ambiente de trabalho pode ser uma eficiente injeção de ânimo nos profissionais da empresa. Entender que o funcionário tem uma vida com seus inúmeros desafios fora da empresa é o primeiro passo para uma relação mais transparente. Mostrar a preocupação da empresa com  a vida do funcionário ajuda a estabelecer uma relação de confiança e de comprometimento por parte do colaborador.

 

Em tempos em que tudo acontece de forma extremamente acelerada, o mercado se tornou mais competitivo e está mais exigente. Por isso, cada vez mais é necessário investir no capital humano e em estratégias que mantenham os colaboradores empenhados a exercer o máximo da sua produtividade. Assim, quem sabe,  é possível atingir os 80% da capacidade que, segundo o estudo de Harvard, é peculiar a qualquer profissional.

 

Por: Juliana Bittencourt

Gestora de Recursos Humanos da Ahgora Sistemas

 

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial