Folhablu | À procura de equilíbrio


À procura de equilíbrio

Publicado em: 2017-01-14 18:13:54

Agora, mais do que nunca, torna-se imprescindível a vivência do amor solidário divino, porque ele é o único capaz de afastar da Terra as trevas do crime, da miséria e da dor quando compreendido e desempenhado - em todo o seu poder compassivo, justo e, portanto, eficaz -, não somente pela religião, mas também pela política, pela ciência, pela economia, pela arte, pelo esporte, pelos relacionamentos internacionais, pelo trabalhador mais simples e pelo mais projetado homem público.

 

Na verdade, o ser humano, sabendo ou não, procura instintivamente o equilíbrio, que só pode advir do exercício da fraternidade, a grande esquecida - como lamentava Dom João Bosco (1815-1888) - da trilogia da Revolução Francesa (Liberté, Égalité, Fraternité), tanto que sua posição é a final do lema reformista, quando deveria ocupar a vanguarda deste. Por isso deu no que deu, com tanta gente guilhotinada. (...)

 

Não foi sem motivo que o notável escritor Victor Hugo (1802-1885) declarou: “Sem fraternidade não pode haver paz”.

 

O inspirado vate francês está corretíssimo. Portanto, não abdiquemos das medidas práticas para a edificação dessa nova e fraterna sociedade, pois, como revela o espírito doutor Bezerra de Menezes (1831-1900), pela psicografia de Chico Periotto: “A paz, a tão desejada paz, é o sonho de todos, do mundo espiritual e da Terra. Apenas se constrói a paz com tolerância. É impossível acreditarmos que o caminho da guerra, do ódio e da violência possa gerar paz verdadeira. Mas o mundo trilha caminhos inesperados. Logo, é realmente importante exercitarmos o caminho do ecumenismo e da confraternização entre os países”.

 

Por José de Paiva Netto

Jornalista, radialista e escritor

paivanetto@lbv.org.br

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial