Folhablu | Pomerode vai sediar mais um encontro de Fuscas


Pomerode vai sediar mais um encontro de Fuscas

Publicado em: 2012-11-04 13:37:42

Pomerode, a cidade mais alemã do Brasil, vai ficar pequena diante da invasão de relíquias do setor automobilístico e que fizeram parte da história de gerações e gerações de brasileiros, no dia 2 de dezembro, quando acontece a 6ª edição do Volksfriends – Encontro de Fuscas e Derivados. Organizado pelo Pomer Volks – Fusca Clube -, o evento tem por objetivo promover o encontro de admiradores e colecionadores de Fuscas e carros antigos. Os modelos variam entre os mais conservados, com acessórios totalmente originais, e aos adaptados com o que há de mais moderno no mundo automobilístico.

No ano passado, mais de 400 colecionadores e admiradores participaram da quinta edição. A expectativa para este ano, segundo um dos organizadores, Luiz Cláudio Bento, é de que haja um aumento de 25% no número de inscrições.

Para os admiradores o encontro é gratuito. Os participantes devem se inscrever na entrada do evento e colaborar também com cinco quilos de alimentos não-perecíveis, que serão doados, posteriormente, para entidades assistenciais de Pomerode. No ano passado, foram arrecadados mais de 1,5 mil quilos de donativos.

A cada nova edição do encontro, o Pavilhão de Eventos fica pequeno para tantos admiradores destes simpáticos automóveis, que fizeram e ainda fazem parte da vida e história de muitas pessoas. São esperados participantes dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, assim como de inúmeras cidades de Santa Catarina, e de outros municípios brasileiros.

A história do Fusca é uma das mais complexas e longas da história do automóvel. Diferente da maioria dos outros carros, o projeto do Fusca envolveu várias empresas e até mesmo o governo do seu país. Além de ter levado à fundação de uma fábrica inteira de

automóveis no processo.

Criado na década de 1930, com pequena interrupção da sua produção durante a Segunda Guerra Mundial, o Fusca foi sempre o carro mais barato em todos os países em que foi comercializado. Logo que as dificuldades econômicas foram superadas, no pós-guerra, o Fusca, com sua fama de indestrutível, dominou a sua fatia de mercado e se tornou um ícone que persiste até os dias de hoje, apesar de já não ser fabricado há muitos anos.

O primeiro Volkswagen brasileiro foi lançado em 1959, obedecendo, com poucas modificações, ao projeto de Ferdinand Porsche, lançado na Alemanha 20 anos antes. Em 1986, depois de 27 anos, a Volkswagen desistiu de fabricá-lo, alegando que era um modelo muito obsoleto, apesar de ser ainda um dos 12 carros mais vendidos daquela época.

Em 1993, por sugestão do então presidente Itamar Franco, a empresa voltou a fabricar o modelo. Itamar queria a fabricação de carros populares e sugeriu que o Brasil precisava de um carro como o Fusca. Como na década de 1990 já existiam carros populares com mais acessórios que o Fusca, a venda não foi a esperada e, em 1996, a Volkswagen desistiu do projeto. Porém, o Fusca permanece como um dos carros usados mais vendidos e valorizados no mercado nacional.


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial