Folhablu | Inovar-Auto: base das atividades da AEA em 2013


Inovar-Auto: base das atividades da AEA em 2013

Publicado em: 2013-12-15 08:19:32

Seminários de emissões, de eletroeletrônica e de segurança veicular, simpósios internacionais de engenharia automotiva (Simea), de combustíveis, de lubrificantes, aditivos e fluidos, além de 18 cursos presenciais e dois online e de duas premiações (Prêmio AEA de Meio Ambiente e Prêmio AEA Destaque Novos Engenheiros) e os trabalhos das comissões técnicas, envolvendo mais de 700 engenheiros e técnicos automotivos. Este foi o resultado das atividades da AEA - Associação Brasileira de Engenharia Automotiva - ao longo de 2013. Mas este ano com um ingrediente especial: os desafios do Inovar-Auto.

 

“A engenharia automotiva brasileira vem ganhando importância desde o Proálcool, nos anos 80, e depois com a tecnologia flexfuel, no início dos anos 2000. Mas, com o Novo Regime Automotivo, o Inovar-Auto, o papel da engenharia automotiva brasileira ganhou importância sem precedentes na história da indústria automobilística nacional”, avalia Antonio Megale, presidente da AEA, para quem o programa governamental de incentivo ao setor, ao menos até 2018, vai posicionar o Brasil entre os maiores polos produtivos do mundo.

 

Com a instituição do Inovar-Auto, em outubro de 2012, a diretoria executiva e as comissões técnicas da AEA passaram a pautar e dar prioridade a todos os temas relacionados ao programa, em especial quanto à segurança e qualidade veicular e às emissões veiculares. Em paralelo, a Associação Brasileira de Engenharia Automotiva reforçou os debates em torno dos temas de reciclagem veicular e renovação de frota.

 

A AEA, em 2013, também estudou o procedimento de testes de emissão para veículos híbridos “sem plug-in” (com recarga de bateria e sem tomada de energia) e veículos “plug-in” (com recarga de bateria e recarga adicional via tomada de energia). O procedimento já foi concluído e entregue ao Ibama e ao Inmetro para ser seguido nos testes e regulamentações. Assim como foram iniciados estudos para veículos híbridos pesados e veículos puramente elétricos.

 

A pedido do Ibama, a entidade definiu ainda o procedimento de testes de ruído a ser aplicado na Inspeção Veicular da cidade da São Paulo e estudou a limitação da emissão de ozônio na atmosfera na operação de veículos flex no sistema de partida a frio.Finalização do trabalho OBR2+ para veículos leves, elaboração de proposta de norma para descarte correto do airbag a ser enviada ao Denatran, finalização e envio da cartilha de iluminação ao Denatran, cartilha de fluido de freios e a condução de estudos no tema renovação de frota de veículos pesados compõem a grade de estudos desenvolvidos pela AEA em 2013.

 

De todas as atividades correlacionadas ao Inovar-Auto, no entanto, a mais importante foi a criação do Grupo de Trabalho Especial de Inovação, de iniciativa da AEA em parceria com a Anpei - Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento e das Empresas Inovadoras - e a Inventta BGI - Consultoria em Inovação Tecnológica -, que se propôs a discutir os impactos do novo regime automotivo, em especial quanto às atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica.

 

Na sequência, o Grupo de Trabalho Especial de Inovação ganhou o apoio da Anfavea - Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores -, do MCTI - Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação -, do MDIC - Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior -, Sindipeças e Usp.

 

Segundo Megale, “a AEA pretende consolidar as questões debatidas pelo grupo e compartilhar conhecimento por meio de manual técnico, instrumento imprescindível para dirimir questões relacionadas ao novo regime e, com isso, auxiliar as empresas no atendimento às exigências do Inovar-Auto, até outubro de 2017, prazo de submissão das metas de redução de emissões e de consumo por parte montadoras e importadoras que se habilitaram ao programa”.

 

No balanço de 2013 da AEA, destaque também para a atuação Grupo de Trabalho Auto Oil, que conduziu 540 testes com 11 combustíveis e veículos de passageiros (em todas as fases do Proconve), motos (todas as fase do Promot). Além disso, motores para caminhões estão em fase de preparação. Em 2014, mais 860 testes de automóveis, motos e motor diesel estão programados até dezembro, quando o Programa Auto Oil deverá estar finalizado.

 

Teve papel de destaque ainda a Diretoria de Acreditação de Laboratório de Emissões, de veículos leves e emissões de motos, que certamente terá forte demanda por parte de todos os players da cadeia automotiva brasileira.

 

Outro importante evento da AEA em 2013 foi o Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva, que trouxe o tema “inovação e competitividade no novo regime automotivo” e que reuniu pesquisadores, representantes do governo e presidentes de entidades, como João Alziro Herz da Jornada, presidente do Inmetro; Paulo Butori, do Sindipeças; Luiz Moan, da Anfavea; Mauro Borges, da ABDI; Glauco Arbix, do Finep; Heloisa Menezes, do MDIC; e Nelson Akio Fujimoto, também do MDIC.

 

Como afirmou a secretária de Desenvolvimento da Produção, do MDIC, Heloisa Menezes, “temas relativos ao Inovar-Auto, um programa de tal magnitude, não se esgotam em um ano”, a diretoria executiva da AEA já decidiu dar continuidade aos debates também no Simea 2014, sob o tema “Inovar-Auto e a evolução tecnológica no Brasil”.

 

A edição do Simea deste ano trouxe ainda mais uma novidade. Em parceria com a Automaker Media, o simpósio apresentou a série de trabalhos técnicos do Virtual Powertrain Conference e a mostra tecnológica do TestingShow.

 

Com esse espírito de atender às demandas do Inovar-Auto, a Associação Brasileira de Engenharia Automotiva, em 2014, ano em que comemora seus 30 anos de atuação no setor automotivo, vai reforçar ainda mais o seu portfólio de produtos e serviços em favor da modernização da indústria brasileira.

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial