Folhablu | Saiba como escolher o melhor veículo utilitário para o seu negócio


Saiba como escolher o melhor veículo utilitário para o seu negócio

Publicado em: 2018-06-11 01:22:35

Muitos empresários e trabalhadores autônomos precisam utilizar o próprio automóvel para realizar seus negócios. Para este perfil, os carros utilitários são os mais recomendados. Com estes automóveis, é possível suprir as mais diferentes demandas, tanto no setor de comércio como também em serviços, além de servir para os passeios.

 

Lojas de materiais de construção e mercados, por exemplo, possuem utilitários para transportar pequenas cargas e compras dos clientes de forma rápida e eficaz. Já profissionais liberais, como pintores, bombeiros hidráulicos e até chaveiros mantêm ferramentas e equipamentos de trabalho guardados no automóvel, que dispõe de espaço e capacidade para transportá-los .

 

No entanto, é preciso ter atenção na hora de escolher um veículo utilitário para trabalhar, pois eles não são todos iguais. O correto é, antes de definir a compra, pensar em cada um dos critérios que devem ser levados em consideração. Do contrário, o carro deixará de ser um parceiro e se tornará um peso nas finanças do negócio.

 

Custo de manutenção

 

O veículo utilitário bom é aquele que não dá prejuízos. Por isso, deve ser forte e resistente para aguentar as exigências diárias e ficar o menor tempo possível parado nas oficinas. Além disso, o custo de manutenção deve ser baixo, praticamente imperceptível.

 

Quer um exemplo? O Jumpy, utilitário da Citroën, exige revisões programadas a cada 20 mil quilômetros, sendo que as três primeiras revisões não chegam a custar mais de 870 reais. Aliás, o proprietário só vai pagar mais de R$ 1 mil em três ocasiões, conforme a tabela: nas revisões de 80.000 km, 120.000 km e 160.000 km.

 

Restrições de tráfego

 

Se você é empresário e está em dúvida se compra um pequeno caminhão ou um utilitário, esta questão pode fazer toda a diferença. Diferentes dos veículos de grande porte, os utilitários são considerados carros comuns, de acordo com a legislação de trânsito.

 

Isto significa que o veículo não se submete às regras de restrição de tráfego impostas por muitas cidades para evitar gargalos no trânsito. Esta prática é comum em grandes centros e pode limitar desde o horário de circulação até o uso de ruas ou avenidas de forma contínua.

 

Espaço interno

 

O veículo utilitário é um tipo de carro em que o espaço interno é mais comprido e alto do que os carros de passeio como hatch ou sedan. Esta característica torna o utilitário um ótimo transportador de cargas urbanas, embora possa ser utilizado também para pequenos deslocamentos entre cidades.

 

Com este espaço interno diferenciado, é possível armazenar e mover materiais e produtos de forma segurança, sem riscos de danos. Sem contar a credibilidade que o uso deste carro passa, quando usado por uma empresa. Afinal, o que é melhor, ter a sua mercadoria entregue de forma profissional ou improvisada em um carro comum?

 

O espaço interno varia conforme a marca do utilitário. Usando novamente o Jumpy como exemplo, encontramos no modelo da Citroën atributos que fazem dele o mais amplo, se comparado aos concorrentes. Confira alguns detalhes:

 

  • Altura de 1,93 metro.

  • Capacidade de carga de até 1,5 tonelada.

  • Porta traseira com abertura de 180 graus

  • Porta lateral deslizante com largura compatível com as empilhadeiras

  • Volume útil de até 6,6 metros cúbicos

  • ModuWork, inovação que permite estender o compartimento de carga, com a cabine, para transportar materiais de até 4 metros.

 

Passeios no fim de semana

 

Embora seja um carro ideal para transporte de cargas de pequeno e médio portes, os utilitários também podem ser carros usados para o lazer. Esta característica híbrida é um dos diferenciais deste tipo de veículo. Ele atrai o interesse de pequenos empresários que trabalham com o carro ao longo da semana, mas o usa para passeios e deslocamentos familiares aos sábados e domingos.

 

O Jumpy também é o favorito neste sentido. Isso porque possui acabamento interno de um veículo convencional, com diferenciais característicos da Citroën. A suspensão é macia, a dirigibilidade é facilitada e a cabine interna, confortável, tanto para motorista quanto para o passageiro.

 

Além disso, o modelo da montadora francesa possui inovações como computador de bordo e retrovisores elétricos. Sem contar outras tecnologias presentes nos demais veículos da marca, como o Hill Assist (que facilita a partida em vias íngremes) e o controlador de estabilidade eletrônica ESP.

 

 


Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 99210 7635
Redação Brasil: webmaster@folhablu.com.br | Redação Santa Catarina: blumenau@folhablu.com.br | Comercial: comercial@folhablu.com.br | Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: folhablu | WhatsApp: (47) 99210 7635
Blumenau - SC
Todos os direitos reservados