Folhablu | Ministério do Trabalho lança painel que mapeia perfil dos aprendizes


Ministério do Trabalho lança painel que mapeia perfil dos aprendizes

Publicado em: 2018-09-27 19:33:51

 

O Ministério do Trabalho lançou o Painel da Aprendizagem Profissional, com o perfil dos jovens que participam do programa. O lançamento ocorreu durante a segunda reunião do Fórum Nacional de Aprendizagem Profissional (FNAP), que congrega entidades governamentais, o Sistema Nacional de Aprendizagem, entidades sem fins lucrativos voltadas à qualificação profissional, representantes de conselhos federais, entidades da sociedade civil, representantes da classe dos trabalhadores e empregadores. O encontro foi realizado na última semana, no auditório do  Ministério do Trabalho, em Brasília. O painel permite mapear o perfil dos aprendizes, considerando dados geográficos, ocupacionais, gênero, faixa etária, escolaridade e remuneração dos jovens, além de apresentar informações relativas a Pessoas com Deficiência (PcDs).

 

Para ter acesso ao painel, basta entrar na página do Ministério do Trabalho na internet pelo endereço http://www.trabalho.gov.br/aprendizagem.  O objetivo da ferramenta é facilitar a realização de análises sobre a necessidade de investimentos direcionados aos aprendizes, com base na Classificação Brasileira de Ocupação (CBO) e nas atividades das empresas (CNAE).

 

Durante a reunião, o ministro do Trabalho, Caio Vieira de Mello, salientou a importância do debate sobre a aprendizagem profissional. “Não se pode falar em desenvolvimento sem falar na formação profissional. A aprendizagem fornece a estrutura para o mundo do trabalho, é o encaminhamento do jovem à vida profissional”, destacou.

 

Na ocasião, o diretor de Políticas de Empregabilidade do Ministério do Trabalho, Higino Brito Vieira, apresentou uma pesquisa prévia realizada pelo departamento, que apresenta os dados de aprendizes que participam do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadastro Único). “O objetivo da realização dessa pesquisa é verificar o caráter social a que a aprendizagem profissional se propõe a ter”, explica o diretor.

 

De acordo com a pesquisa, dos 658.713 aprendizes admitidos entre janeiro de 2017 e julho de 2018, 228.466 estão registrados do Cadastro Único. Isso representa 34,68% do total de aprendizes contratados no período. Do total de aprendizes beneficiários do CadÚnico, 59,2% têm entre 16 e 18 anos e 49,7% estão cursando o ensino médio. As ocupações com mais oportunidades para esses jovens foram as de auxiliar de escritório, assistente administrativo e repositor de mercadorias.

 

 


Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 99210 7635
Redação Brasil: webmaster@folhablu.com.br | Redação Santa Catarina: blumenau@folhablu.com.br | Comercial: comercial@folhablu.com.br | Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: folhablu | WhatsApp: (47) 99210 7635
Blumenau - SC
Todos os direitos reservados