Folhablu | Ponto de coleta é opção para descarte correto do pneu


Ponto de coleta é opção para descarte correto do pneu

Publicado em: 2018-06-07 10:32:24

Junho é mês do meio ambiente e a campanha global visa alertar para o uso de materiais poluentes ao planeta. Entre eles está o pneu, utilizado no cotidiano por todos, precisa receber o destino correto para não se tornar contaminante para o ar, solo ou até mesmo proliferar doenças. Para evitar esta situação, a Boss Pneus é uma representante catarinense para recolhimento das unidades que precisam ser recicladas ou descartadas. A empresa de Joinville inclusive irá inaugurar um novo Auto Center na segunda-feira, dia 11/6, que ampliará o número de espaços para entrega dos pneus antigos.

 

O recolhimento é gratuito e o pneu pode ser entregue na Boss Pneus em qualquer estado de conservação, mesmo estando rasgado e sujo. Neste local, os pneus são armazenados e posteriormente coletados por empresas credenciadas a dar a correta destinação.  Os pneus inservíveis são enviados para o descarte. Em parceria com a Strasse Recicladora e a Greca Asfaltos, as unidades são picadas e adicionadas aos materiais para produção de asfalto de borracha com apelo ecológico. “Chega a durar cinco vezes mais que o asfalto comum. Com esta ação, os pneus velhos são tirados do meio ambiente e direcionados para asfaltos novos em rodovias modernas e mais seguras”, explica Anderson Heiderscheidt, gerente comercial da Boss Pneus.

 

Todo o processo de descarte é previsto pelo Plano de Gerenciamento, Armazenamento e Destinação de Pneus inservíveis (PGP) conforme a Lei Federal 12.305 de 2010 e Conama 416 de 2009. Anderson explica que a Boss Pneus possui a obrigação legal de reciclar 70% dos pneus que por eles são importados. No mercado pneumático desde 1996, atualmente atuando também com o e-commerce, a empresa conta com parceiros que fazem o recolhimento das unidades inservíveis nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul e toda Santa Catarina. “Nossos parceiros atuam como um centro de recebimento destes pneus e fazem a destinação correta”, esclarece.

 

Anderson relembra que nem sempre os pneus desgastados apresentam uma evidente aparência da necessidade de troca. Para quem está em dúvidas, ele recomenda a utilização do Trade Wear Indication (TWI). “Nada mais é do que a demarcação de vida útil do pneu por desgaste de rodagem. Todos os pneus novos, sem exceção, obrigatoriamente possuem este demarcador. Quando a banda de rodagem atinge o TWI é hora de substituir o pneu por um novo”, alerta.

 

Quando descartado de maneira errada, deixado nos quintais, ou em áreas abertas, os pneus podem se tornar um risco para o meio ambiente e podem levar até 600 anos para se decompor. Segundo o Ministério do Meio Ambiente eles podem soltar componentes e poluir o solo e o lençol freático. A queima de pneus, prática considerada por lei uma agressão ao planeta, também libera toxinas que provocam mortalidade prematura, problemas no coração e deterioração das funções pulmonares de seres humanos, animais e aves.

 

Além disso, quando descartado de maneira incorreta, o pneu pode se tornar um caso de saúde pública. O formato dos objetos também permite o acumulo de água e a proliferação de dengue, febre amarela, malária, entre outras doenças. Segundo estudo realizado pelo Ministério da Saúde, os pneus foram apontados como o principal criadouro do mosquito Aedes Aegypti em 25% dos municípios.

 

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial