Folhablu | IBGE divulga as estimativas populacionais dos municípios catarinenses


IBGE divulga as estimativas populacionais dos municípios catarinenses

Publicado em: 2017-09-18 01:36:07

O IBGE divulgou as estimativas das populações residentes nos 295 municípios catarinenses com data de referência em 1º de julho de 2017. Estima-se que Santa Catarina tenha 7 milhões de habitantes. O município de Joinville continua sendo o mais populoso, com 577,07 mil habitantes, seguido por Florianópolis (485,8 mil), Blumenau (348,5 mil) e São José (239,7 mil). Treze municípios catarinenses possuem mais de 100 mil habitantes, somando 3,1 milhões de habitantes ou 45% da população total do estado. No ranking dos estados, Santa Catarina é o 10º mais populoso.

 

 

As estimativas populacionais são fundamentais para o cálculo de indicadores econômicos e sociodemográficos nos períodos intercensitários e são, também, um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União na distribuição do Fundo de Participação de Estados e Municípios. Esta divulgação anual obedece ao artigo 102 da Lei 8.443/1992 e à Lei Complementar 143/2013.

 

Os 13 municípios com mais de 100 mil habitantes concentram 45% da população de Santa Catarina (3,1 milhões de habitantes). Por outro lado, 11% da população do estado (769 mil) reside em 166 municípios catarinenses (56,3% dos municípios) com até 10 mil habitantes.

 

Santiago do Sul é o município catarinense de menor população e o 11º menos populoso do Brasil, com população estimada em 1.317 habitantes em 2017, seguido de Lajeado Grande, com 1.453 habitantes e Paial com 1.577 habitantes.

 

Considerando a composição das regiões metropolitanas em 31 de dezembro de 2015, entre as 26 regiões metropolitanas com população superior a 1 milhão de habitantes do Brasil, duas são de Santa Catarina: região metropolitana norte/nordeste catarinense, com 1,38 milhão de habitantes, em 22º, e região metropolitana de Florianópolis (1,17 milhões de habitantes), em 26º.

 

Dos 295 municípios, 33,9% (100 municípios) apresentaram taxas de crescimento negativas, ou seja, redução populacional de 2016 para 2017. Trinta e três por cento, ou seja, 97 municípios catarinenses apresentaram crescimento que variou entre 0% e 0,9% e 31 municípios (10,5%) apresentaram crescimento igual ou superior a 2%. Apenas um município apresenta crescimento superior a 4%.

 

O município com a maior taxa de crescimento no período 2016-2017 foi Araquari, calculada em 4,14%, seguido de Itapema e São João Batista (3,45%). Já o município de Piratuba apresentou a menor taxa de crescimento (-2,54%), seguido de Galvão, com  (-2,52%).

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial