Folhablu | Florianópolis, Blumenau e Joinville apresentam baixos índices de atendimento aos serviços de esgoto


Florianópolis, Blumenau e Joinville apresentam baixos índices de atendimento aos serviços de esgoto

Publicado em: 2016-04-27 14:00:42

Ranking divulgado pelo Instituto Trata Brasil traz a avaliação das 100 maiores cidades brasileiras com base em dados do SNIS de 2014.

 

As três maiores cidades de Santa Catarina - Florianópolis, Blumenau e Joinville - aparecem da metade do ranking pra baixo, quando o assunto é saneamento básico. O estudo do Instituto Trata Brasil, produzido com a GO Associados, mostrou que os três municípios têm deficiências nos serviços de coleta e tratamento dos esgotos. Os dados obtidos para a construção do Ranking do Saneamento são do SNIS 2014 - Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento -, do Ministério das Cidades. Uma das cidades litorâneas mais badaladas do país, Florianópolis tem pouco mais da metade, 55,86%, da população atendida por rede de esgoto e dos esgotos gerados, 50,59% são tratados, o que indica que há muito a ser feito para ampliar o acesso ao serviço.

 

Devido ao baixo índice de coleta e tratamento de esgoto, tanto a população como os turistas evitaram as praias neste verão, temendo contrair doenças transmitidas pela água poluída, como diarreias, hepatite A, verminoses, esquistossomose, leptospirose e dermatites. Florianópolis investe 23,4% da sua arrecadação em saneamento, como mostra os dados do Ranking do Saneamento.

 

Nas cidades de Blumenau e Joinville, que ocupam posições inferiores no ranking, 74º e 78º lugar, respectivamente, os percentuais de tratamento de esgoto estão abaixo da média nacional, que é de 40%. Em Blumenau, apenas 17,77% do esgoto é tratado, e em Joinville, 18,61%. Mais de 70% da população de Blumenau ainda não tem acesso às redes de esgoto, bem como 78,15% da população de Joinville também não dispõem dos serviços.

 

O investimento em saneamento em relação à arrecadação atinge 43,24% em Blumenau e 32,8% em Joinville.

 

As perdas no faturamento e distribuição de água das duas cidades estão acima do indicador considerado aceitável, que é de 15%. Em Joinville, onde o quadro é mais crítico, o indicador de perda no faturamento atinge 45% e na distribuição chega a 49,21%.  Em Blumenau, esses índices estão em 25,33% e 27,49%, respectivamente.

 

O Ranking do Saneamento nas 100 Maiores Cidades mostra a lentidão dos avanços nas maiores cidades brasileiras. Em 2014, os 100 maiores municípios investiram quase R$ 6 bilhões dos R$ 12 bi gastos no país e as 20 melhores cidades investiram o dobro das 20 piores.

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial