Folhablu | Aprovado projeto de lei que denomina de Deputado Manoel Vitor Gonçalves a ponte norte-sul


Aprovado projeto de lei que denomina de Deputado Manoel Vitor Gonçalves a ponte norte-sul

Publicado em: 2017-06-17 05:24:41

Foi aprovado na terça-feira, dia 13, em plenário, o projeto de lei de autoria do vereador Ailton de Souza, o Ito, que denomina de Deputado Manoel Vitor Gonçalves a ponte norte-sul, que será construída sobre o Rio Itajaí- Açu e interligará a Rua Itajaí com a Rua Paraguai.

 

Manoel Vitor Gonçalves foi vereador em Blumenau em três legislaturas, em Pomerode por um mandato e deputado estadual por um mandato. Foi o primeiro vereador blumenauense eleito pelo MDB. Primeiro e único na primeira eleição municipal consentida pelo regime militar.

 

Maneca Piranha, como era conhecido, homem simples, de família humilde, teve que ajudar no sustento da casa desde cedo, motivo pelo qual só concluiu os estudos depois de adulto. Logo em seguida serviu ao Exército, foi industriário por seis anos e, por outros 25, trabalhou na estrada de ferro.

 

Do trabalho intenso e a responsabilidade adquirida ao ajudar no sustento da família, desenvolveu um senso público. Sentia necessidade de ajudar a todos. Mesmo com o trem em movimento, entregava remédios e alimentos nas casas de famílias necessitadas. Quando era ferroviário, levava para a sua casa os que não tinham abrigo, que precisavam de ajuda.

 

Foi com a intenção de ajudar as pessoas que Maneca Piranha entrou para a vida política, quando a atividade era voluntária. Conhecia as necessidades de seu povo, as ruas eram escuras e ele não dava sossego à Celesc. Conhecia os problemas de saúde, fazia tudo de bicicleta antes mesmo de poder ter um carro. Transformou seu Fusca em ambulância, levando cada um que precisasse ao consultório médico e hospital. Organizou uma farmácia na própria casa com as amostras grátis que pedia aos médicos e representantes de laboratórios. Sabia que, mesmo conseguindo a consulta, o cidadão não teria condições de adquirir a medicação prescrita pelo médico que arrumava para atender as pessoas mais humildes. Sempre preocupado com as condições do povo, solicitava com muita frequência até conseguir a colocação de ônibus em novos trajetos para as pessoas que sempre precisavam se deslocar muito longe para seus trabalhos. Maneca também lutou para conseguir transporte para crianças e adultos, sendo gratuito para crianças com necessidades especiais. Todo fim de ano, organizava uma festa de Natal para as crianças mais humildes. "Indo de loja em loja, de fábrica em fábrica, tudo de bicicleta", orgulha-se a filha. Hábil com as palavras, Maneca Piranha compreendia as necessidades da população e as descrevia como ninguém. “Multidões o seguiam e sua humildade passava a ficar conhecida pelo Brasil inteiro, a vida dele tornou-se pública. Todos os dias vinham pessoas pedir ajuda em sua casa para saúde, para moradia, para trabalho e lá estava ele sempre disposto a ajudar”. Foi responsável por muitos abaixo-assinados, lutando pela federalização da Furb e a criação do Fundo de Pavimentação, mas este sonho não foi realizado em vida.

 

Faleceu em 2005, aos 82 anos. Foi homenageado pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Mais do que homenagens públicas, Maneca Piranha é reconhecido pelas pessoas a quem ajudou.

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial