Folhablu | APP da escola Victor Hering denuncia boicote da direção da Elza Pacheco


APP da escola Victor Hering denuncia boicote da direção da Elza Pacheco

Publicado em: 2017-12-01 20:28:51

O presidente da Associação de Pais e Professores da EEB Victor Hering, Jean Carlos Zimermann, denunciou nesta quarta-feira, dia 30, um boicote da direção da EEM Elza Pacheco contra a realização de matrículas na escola. Segundo Zimermann, Tânia Elaine Wuaden, diretora da Elza Pacheco, escola itinerante que utiliza o mesmo espaço da Virtor Hering, colou cartazes com informações não condizentes com a verdade, digamos, para dificultar a realização das matrículas da EEB Victor Hering. Os cartazes informavam erroneamente que as matrículas para a primeira série do ensino fundamental estavam disponíveis apenas para o período vespertino, o que não é verdade.

 

Premiada recentemente com a direção de ambas as escolas a partir do ano de 2018, Tânia, com a atitude, dá uma ideia dos critérios do estado para a escolha de seus "profissionais", sem falar na confiança dos pais em sua imparcialidade. Vale lembrar que no dia seguinte à confirmação de seu nome como diretora, Tânia Wuaden apresentou um projeto de expanção do Elza Pacheco em detrimento do ensino da escola Victor Hering. Em seu plano, adivinhe qual série perderá salas para o Elza Pacheco? Sim, a primeira série!

 

Procurado para comentar o fato, o gerente de Educação, Eliomar Russi, preferiu se calar, limitando-se a informar o atual diretor da EEB Victor Hering, Ramirez de Souza, que havia proibido que Tãnia continuasse colando os cartazes. Meritocracia zero! Ética, então, nem se fala.

 

Por Fábio Souza

 

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial