Folhablu | Pré-Olímpico Feminino Sul-Americano: Brasil estreia com vitória tranquila


Pré-Olímpico Feminino Sul-Americano: Brasil estreia com vitória tranquila

Publicado em: 2012-05-10 03:21:03

A estreia da seleção brasileira feminina de vôlei no Torneio Pré-Olímpico Sul-Americano Feminino de Vôlei não podia ser melhor. O técnico José Roberto Guimarães mexeu na formação, utilizou 11 das 12 jogadoras, e, nesta quarta-feira, dia 9, o Brasil venceu o Uruguai por 3 sets a 0, sem dificuldades (25/4, 25/12 e 25/7), em 59 minutos de jogo. O campeonato será realizado até o próximo domingo, dia 13, no Ginásio Milton Olaio Filho, em São Carlos (SP).

A central Adenizia e a ponteira Fernanda Garay foram as maiores pontuadoras do Brasil, com 11 acertos cada uma. Apenas a central Fabiana não entrou em quadra na noite desta quarta-feira.

Na opinião do técnico brasileiro José Roberto Guimarães, o Brasil apresentou um bom nível de concentração. "Jogamos concentrados ao longo do jogo. Não deixamos o Uruguai entrar no confronto. As uruguaias tentaram forçar o saque e não conseguiram um bom resultado. Nosso bloqueio funcionou na partida, o que era um dos nossos objetivos. Ao todo fizemos 16 pontos deste fundamento", analisou o treinador do Brasil, que voltou a lembrar da importância da competição para o time brasileiro.

"Precisamos de todo o grupo jogando bem. Amanhã é a mesma coisa. Vamos enfrentar a Colômbia e temos que lembrar que esse campeonato vale uma vaga para os Jogos Olímpicos. Cada jogadora tem um papel importante para alcançarmos nosso objetivo final, que é a classificação", garantiu José Roberto Guimarães.

Apesar da facilidade em quadra, a oposto Sheilla destaca um lado importante do jogo. "Foi bom ver que conseguimos manter o foco o tempo todo. Mesmo com o placar elástico, seguimos concentradas e encarando a partida com seriedade", disse Sheilla.

No jogo de abertura do Pré-Olímpico Sul-Americano, o Peru venceu o Chile por 3 sets a 0 (25/14, 25/11 e 25/6), em 59 minutos de partida. Na sequência, as venezuelanas levaram a melhor sobre as argentinas e vencerem, de virada, por 3 sets a 1 (19/25, 25/20, 25/17 e 25/23), em 1h41 de jogo.

Nesta quinta-feira, dia 10, o Brasil voltará à quadra para enfrentar a Colômbia, às 18 horas, novamente no Milton Olaio Filho. A oposto Sheilla aposta em uma dificuldade maior contra as colombianas.

"Não adianta a gente se iludir e pensar que o próximo jogo será como o de hoje. A Colômbia tem um bom time e uma ponteira que é perigosa", comentou a oposto, se referindo a Madelaynne Montano, que jogou na Coreia na última temporada e marcou o recorde mundial de pontos: 54 em um jogo.

A partida entre Brasil e Colômbia será a última do dia, que terá, ainda, os confrontos entre Peru e Venezuela, às 13 horas, e Argentina e Chile, às 15h30.

Foto: Alexandre Arruda


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial