Folhablu | MB Challenge: Bardahl Hot Car parte para desafio inédito no Uruguai em busca de novos pódios


MB Challenge: Bardahl Hot Car parte para desafio inédito no Uruguai em busca de novos pódios

Publicado em: 2018-10-06 11:00:12

Os pilotos da Bardahl Hot Car, que disputam a temporada do Mercedes-Benz Challenge, preparam-se para um novo desafio neste domingo, dia 7, desta vez na primeira prova internacional da categoria, em oito anos de existência da competição. A disputa da sexta etapa de 2018 será no Autódromo Eduardo Prudencio Cabrera, em Rivera, no Uruguai.

 

A pista de 3.080 metros, com nove curvas para a esquerda e cinco para a direita, será novidade para os cinco pilotos do time comandado por Amadeu Rodrigues. Na C250, André Moraes Júnior e Flávio Andrade estão empatados na vice-liderança da temporada e vão com tudo nesta reta final na briga pelo título. Na CLA, Fernando Amorim, Fábio Escorpioni e Cesare Marrucci também querem lutar por novos pódios.

 

Com cinco das oito etapas disputadas, André Jr. e Andrade dividem a vice-liderança geral da C250, com 67 pontos. Na Master, Andrade ampliou sua liderança, com 86 pontos. Na CLA, Escorpioni está em oitavo na classificação geral. Na Master, Amorim é o vice-líder, com 63 pontos. Marrucci está em quarto, com 61.

 

Piloto mais jovem da categoria, com 19 anos, André Júnior vem em boa fase, com três poles e duas vitórias nas últimas corridas. “A expectativa é muito boa. A gente vem de três poles consecutivas, duas vitórias e o carro está muito bom. Estamos conseguindo um acerto perfeito para as pistas”, disse o piloto da C250 #12, que é de Americana, no interior de São Paulo.

 

“Agora é treinar em simulador para conhecer bem o traçado, que será novidade para a maioria. Quem se adaptar mais rápido vai sair com o melhor resultado. Eu estou bem animado para a corrida e vamos continuar o trabalho das últimas etapas para seguir na briga pelo título”, concluiu o piloto.

 

Andrade também segue focado. "Rivera será uma novidade, um desafio e um novo aprendizado. Mas é uma oportunidade de conhecer uma nova cidade também e já ouvi dizer que o povo uruguaio gosta bastante de corridas e isso vai ser muito interessante. Preciso de um bom resultado para manter a liderança na Master. Terei de levar 30 quilos de lastro por estar em segundo no geral da categoria, mas vou me esforçar ao máximo para subir ao pódio. Tenho certeza de que será um evento muito legal", ressaltou o piloto da C250 #26.

 

Representante de Piracicaba (SP) no Mercedes-Benz Challenge, Marrucci está motivado com a primeira corrida internacional da categoria. “Vai ser nossa primeira vez em Rivera e isso cria uma motivação a mais, pois normalmente andamos em pistas que já conhecemos bem”, comentou o piloto da CLA #44, que já tem três pódios na Master este ano.

 

“Será interessante e desafiador partir para uma experiência nova e internacional. Espero me adaptar bem à pista e ter um bom desempenho, deixando para trás os problemas mecânicos que me acompanharam em várias das etapas disputadas neste ano e que afetam diretamente minha classificação no campeonato”, completou Marrucci.

 

Amorim também vem assistindo a vídeos e espera pegar logo a “mão” do traçado. “É uma pista que poucos conhecem, apenas alguns pilotos gaúchos que já fizeram corridas lá, pelo regional deles, mas a maioria dos pilotos nunca andou. Eu já vi vídeos, on boards, consegui mentalizar o traçado e acredito que com poucas voltas já vamos estar adaptados. Além disso, teremos quatro treinos, além do classificatório, e é um volume grande pra ‘pegar’ a pista. Vai ser tranquilo para já estar na classificação andando no ritmo ideal”, acredita o piloto da CLA #88, que tem um pódio no geral, três na Master e mais uma vitória na Master.

 

“Com relação ao campeonato, perdemos a liderança da Master na última etapa, mas vamos correr atrás. A diferença não é grande para o líder”, lembrou. “Rivera é uma pista por suas características - uma parte de alta e outra truncada - que pode causar alguns acidentes, então temos de tomar cuidado para não termos prejuízos inesperados. E vamos tentar buscar a liderança de novo”, destacou o piloto de Campinas (SP).

 

Escorpioni, que tem dois pódios na temporada no geral da CLA, também usou o simulador para chegar mais “afiado” ao Uruguai. “A pista de Rivera é uma novidade, nunca tivemos uma corrida, mas estamos treinando bastante no simulador para conhecer o traçado. Para a parte física, tenho treinado duas vezes por semana no kartódromo”, contou.

 

“Estou confiante em nosso time para fazer um bom trabalho e buscarmos mais pódios e pontos para o nosso campeonato”, finalizou o piloto da CLA #55.

 

Os treinos em Rivera tiveram início nesta sexta-feira, dia 5. Neste sábado, dia 6, haverá o classificatório a partir das 13h30. No domingo, a prova terá sua largada às 10h30, com transmissão ao vivo do Bandsports.

 

 

Veja a galeria de fotos

Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 99210 7635
Redação Brasil: webmaster@folhablu.com.br | Redação Santa Catarina: blumenau@folhablu.com.br | Comercial: comercial@folhablu.com.br | Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: folhablu | WhatsApp: (47) 99210 7635
Blumenau - SC
Todos os direitos reservados