Folhablu | Em Concórdia, Mafra Ferromax vence nos pênaltis e avança de fase na Copa do Brasil


Em Concórdia, Mafra Ferromax vence nos pênaltis e avança de fase na Copa do Brasil

Publicado em: 2017-05-22 03:17:30

Um verdadeiro teste para o coração. Principalmente para o grande número de torcedores que acompanhavam a partida pelo rádio na noite de da última terça-feira, dia 16. Tendo como palco o Centro de Eventos de Concórdia, o Mafra Ferromax enfrentou a equipe da casa pelo jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil, a primeira competição de nível nacional do time mafrense.

 

Com 13 atletas à disposição, o técnico mafrense iniciou o embate com o quinteto Dudu (goleiro), Cleitão (fixo), Libânio (ala/capitão), Lolatto (ala) e André (fixo). No mesmo dia, em Mafra, o ala/pivô Pitoko, que desde dezembro segue em recuperação de uma cirurgia, iniciou os trabalhos físicos, acompanhado pelo fisioterapeuta Gustavo Les, visando a integração ao plantel nas próximas semanas.

 

Com a vantagem de ter vencido o jogo de ida, no último dia 7, em casa, o Mafra Ferromax fechou o tempo normal da partida com placar desfavorável de 3 a 1. Quem abriu o placar foi o Mafra, aos 9min25, com um gol do pivô Antonio. Joãozinho, aos 11min38 anotou para a equipe da casa, igualando o resultado. A virada veio ainda no primeiro tempo, quando Ítalo, aos 18min15 colocou a bola no fundo da rede mafrense. O segundo tempo veio com o terceiro gol concordiense, anotado por Douglinhas, aos 16min33.

 

O resultado levou o embate para a prorrogação, onde apesar de grandes chances para ambos os lados, os dez minutos complementares terminaram com o marcador zerado.

 

A classificação, então, foi decidida nos pênaltis. O goleiro Rogério foi para o arco mafrense. Júlio cobrou para o Concórdia e mandou na trave. Libânio chutou e converteu para o Mafra Ferromax. Na sequência, concordiense Pesk também converteu. O fixo Cleitão cobrou o segundo chute mafrense e também balançou a rede. A partida foi definida no terceiro chute da equipe da casa, cobrado por Valença e defendido pelo goleiro Rogério.

 

O técnico Sandro Colvero considerou o embate como mais um jogo memorável e equilibrado. E destacou também a importância do trabalho de preparação. “Eliminamos dentro da sua casa uma equipe de qualidade, que já foi vice-campeã nacional. Nossa equipe foi briosa, determinada e concentrada, provando mais uma vez que vale a pena trabalhar, se preparar e formar um grupo vencedor”, destacou.

 

Classificado pela a próxima fase, o Mafra Ferromax - a única equipe catarinense na competição - terá como adversário a forte equipe do Atlântico, da cidade gaúcha de Erechim, a qual disputa a Liga Nacional de Futsal e tem, em seu histórico, a conquista da Taça Libertadores da América de 2014 e o título mundial de 2015.

 

Conforme determinado pela Confederação Brasileira de Futsal (CBFS), o primeiro confronto está agendado para o dia 30 de maio, terça-feira, às 20h15, no Ginásio Wilson Buch, em Mafra. O embate é mais um considerado histórico. Será o primeiro confronto do Mafra Ferromax diante de uma equipe gaúcha.

 

Já a partida de volta (classificatória), acontece no dia 5 de junho, segunda-feira, também às 20h15, na cidade de Erechim, noroeste do Rio Grande do Sul.

 

Fotos: Robson Komochena

 

Veja a galeria de fotos

Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial