Folhablu | Liga Ouro tem início neste sábado, dia 27, com confronto entre Vasco e Ginástico


Liga Ouro tem início neste sábado, dia 27, com confronto entre Vasco e Ginástico

Publicado em: 2016-02-26 17:21:26

A bola vai subir para a Liga Ouro 2016. Neste sábado, dia 27, a terceira edição da Divisão de Acesso ao NBB terá início com o duelo entre os estreantes Vasco da Gama (RJ) e Ginástico/Olympico (MG). O confronto que abrirá a corrida por uma vaga na elite do basquete nacional será realizado no Ginásio Vasco da Gama, em São Januário, Rio de Janeiro, às 11 horas.

 

Depois, as duas equipes voltarão à quadra na segunda-feira, dia 29, para mais um duelo entre eles em solo carioca. Já no dia seguinte, será a vez dos outros dois participantes entrarem em ação, os já “veteranos” da competição Campo Mourão (PR) e Sport Club do Recife (PE), que se enfrentarão no Ginásio de Esportes JK, em território paranaense, às 20h15, mesmo local e horário do segundo jogo entre eles, marcado para o dia 2.

 

“Vão ser dois jogos dificílimos. O Ginástico é uma equipe que está treinando há bastante tempo e vem embalado pela disputa do Campeonato Mineiro. E, temos que usar o fator casa e o apoio da nossa torcida para buscar os resultados positivos”, comentou o experiente pivô William Drudi, do Vasco.

 

Para sua primeira participação na Liga Ouro, o Vasco se reforçou e contratou atletas de experiência no NBB, como o armador Hélio, ex-Flamengo, Limeira e Uberlândia; o ala Gaúcho, que estava na Liga Sorocabana; o ala/pivô Douglas Nunes, vindo do Palmeiras; o pivô William Drudi, ex-São José; o pivô Erick Camilo, ex-Franca; e os norte-americanos Robby Collum, ex-Minas e Uberlândia; e Jeff Agba, que tem passagens por Bauru, Mogi, Liga Sorocabana e Paulistano.

 

Do outro lado não é diferente e o Ginástico também entrará na Divisão de Acesso ao NBB com diversas peças com bagagem na elite do basquete nacional, como Alírio e Fred, que estavam no Brasília, os alas/pivôs Fernando Mineiro, ex-Macaé, e Fabrício, ex-Palmeiras, além de Luisinho, campeão da Liga Ouro 2014 com o Rio Claro, Wanderson, ex-Minas, e Lucas “Locke”, também vindo do Palmeiras.

 

Mas não é só de experiência que vive o clube mineiro. Na ala jovem do elenco estão presentes o ala/pivô Adyb e o pivô Moisés, ambos ex-Minas, além do pivô Lucão, que estava no Paulistano, o ala/armador Alef e o pivô Fernando Stafleu, que vieram do Flamengo, além do armador Cadu, ex-Bauru e Campo Mourão, e o garoto prata da casa Paulinho, de apenas 17 anos, que defendeu a seleção brasileira sub-17 na LDB 2015.

 

“As características das equipes do Ginástico sempre foram garra, velocidade e técnica. Mantendo essa tradição, pretendemos chegar à final. Vamos lutar até o último segundo pelas vitórias”, declarou o técnico do Ginástico/Olympico, Jefferson Teixeira.

 

Os outros participantes da Liga Ouro também se reforçaram e prometem acirrar ainda mais a disputa pela vaga no NBB. O Campo Mourão contratou os experientes Estevam, ex-Rio Claro, André Bambu e Ted Simões, que estavam no Pinheiros, e Leandro e Vinícius Teló, vindos do Uberlândia.

 

“Estamos com uma expectativa muito grande. A cada ano que passa estamos melhorando tanto dentro como fora de quadra e espero que isso nos aproxime da vaga no NBB”, comentou o comandante do Campo Mourão, Emerson de Souza.

 

Além deles, foram contratados pela equipe paranaense os jovens Bruno Felipe, ex-Brasília; Alexey, que estava no Franca; e Daniel Pinho, ex-São José; além dos norte-americanos Leon Sutton, que disputou a Liga Ouro 2014 pelo Lins (SP); e Milton Garner, que tem passagens por Joinville e Jacareí.

 

“Esse ano, na minha opinião, temos um time muito homogêneo, que une experiência e juventude. Temos jogadores bastante versáteis, que podem atuar em duas e até três posições, e tenho certeza que isso vai nos ajudar muito. A Liga Ouro é um campeonato muito desgastante e esse ano temos um elenco mais preparado para enfrentar todos os problemas”, completou o técnico do Campo Mourão.

 

E por fim, o Sport Club do Recife, que assim como Campo Mourão, participou de todas as edições da Liga Ouro. Para esta temporada, o Leão da Ilha manteve algumas peças do elenco medalha de bronze na LDB 2015, como os pivôs Rech e Arroz, o ala Leandro e o armador Lucas Lima. Como reforços foram contratados o pivô De Bem, ex-Macaé, e o armador Michel, ex-Campo Mourão.

 

Para reforçar a ala jovem da equipe foram agregados o pivô Wesley Castro, o “BH”, que estava no Pinheiros, o ala/armador Higor Lima, vindo do Limeira, e o ala Gabriel, campeão das Américas e vice-campeão mundial com o Bauru. As peças de experiência da equipe ficaram por conta dos pivôs De Bem, ex-Macaé, e Mafra, remanescente da última temporada, além do armador Michel, ex-Campo Mourão, autor do primeiro e único triplo-duplo da história da Liga Ouro.

 

O sistema de disputa e regulamento foram mantidos em relação à Liga Ouro anterior. As equipes se enfrentam quatro vezes durante a fase de classificação. Cada equipe jogará 12 jogos na fase de classificação e as rodadas serão realizadas com dois jogos do mesmo confronto por semana, ou seja cada equipe fará dois jogos como mandante e como visitante contra os outros três times.

 

Já nos playoffs, os moldes também foram mantidos, com o líder da primeira fase avançando direto à final e 2º e 3º colocados se enfrentando em uma série melhor de cinco. Os confrontos de mata-mata acontecerão no formato 2-2-1 e a equipe de melhor campanha jogará as duas primeiras partidas e um possível jogo 5 da série em casa, assim como na decisão.

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial