Folhablu | Tecnologia ajuda construtoras a alertarem áreas de risco para funcionários


Tecnologia ajuda construtoras a alertarem áreas de risco para funcionários

Publicado em: 2018-12-01 05:55:28

 

A tecnologia da Indústria 4.0 traz consigo um mundo de inovações. Objetos inanimados passam a ser inteligentes e a carregar informações que podem ser trocadas com seres humanos. A plataforma Seif, criada no Centro de Inovação Sesi de Tecnologias para a Saúde, é voltada para empresas de construção civil e auxilia os gestores a monitorar ambientes.

 

A plataforma possui um tipo de software que faz a parte de gestão das informações. É um site que armazena cursos para os funcionários da empresa e mapeia áreas de riscos do ambiente que está em construção. Os cursos são fornecidos em um login que a própria empresa adquire quando compra o serviço.

 

Outra tecnologia utilizada são sensores que ajudam a monitorar os funcionários e a obra. No caso dos funcionários, o sensor fica nos capacetes. Já no ambiente, ele é colocado em cones.

 

De acordo com a engenheira de Segurança do Trabalho do Sesi, Juliana Teixeira, o sensor individual reúne informações dos cursos feitos pelo trabalhador e se ele está habilitado para acessar determinadas áreas da construção. “O sensor começa a fazer o monitoramento das pessoas que estão trabalhando naquele local e se um trabalhador que está lá não tenha habilitação ou equipamento de proteção individual adequado de riscos que aquele sensor está monitorando, o sistema emite um alerta”, afirma Teixeira.

 

Além desse trabalho voltado para a segurança dos próprios trabalhadores, o Seif auxilia também a empresa na parte burocrática, por meio de um acompanhamento, informando se as leis de segurança e saúde do trabalho estão sendo cumpridas. “A gente auxilia a empresa principalmente com as questões trabalhistas: manter em dia os atestados de saúde ocupacional, equipamentos de proteção individual, capacitações, habilitações e toda a parte de documentação necessária”, explica Juliana Teixeira.

 

A engenheira civil Cindy Anne trabalha em uma construtora de Balneário Camboriú. A empresa já utilizou o Seif, e para a engenheira, o serviço foi útil em todos os três módulos oferecidos pelo Sesi: o regulatório, o de informação e comportamento.

 

“Conseguimos monitorar todos os riscos, fazer um levantamento, análise preliminar. Mapeamos os locais com maior risco e a gente tinha o controle de que nenhum funcionário que não fosse habilitado para estar naquele local estava. O diferencial do Seif é isso: a gente conseguia mapear os locais de risco da empresa”, defendeu Cindy Anne.

 

Ao todo, o Serviço Social da Indústria (Sesi) possui oito Centros de Inovação. Todos desenvolvem soluções em segurança e saúde no trabalho (SST) para atender as necessidades da indústria, promovendo a saúde dos empregados.

 

No caso do Centro de Inovação Sesi de Tecnologias para a Saúde, inaugurado em Santa Catarina em 2016, o trabalho busca inovar na melhoria da saúde e produtividade dos funcionários para melhorar a competitividade das empresas.

 

Segundo o psicólogo e pesquisador do Sesi Luciano Caminha, o centro de inovação “está sempre olhando para a tecnologia e inovação, e com essa proximidade com a indústria, capta as necessidades que existem, para desenvolver os projetos tanto de pesquisa quanto de desenvolvimento e fornecer valor para a indústria”.

 

Atualmente, a indústria é responsável por empregar mais de 745 mil pessoas em Santa Catarina, o que representa 34% do emprego formal do estado.

 

Os outros sete Centros de Inovação são voltados para economia para saúde e segurança, ergonomia, fatores psicossociais, higiene ocupacional, sistemas de gestão em SST e prevenção da incapacidade.

 

De acordo com o Portal da Indústria, os objetivos dos centros são reduzir o número de acidentes no trabalho, diminuir os custos por acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, aperfeiçoar a performance do trabalhador na indústria, expandir a cultura de prevenção e gestão de riscos e contribuir para o aumento da produtividade das empresas.

 

 


Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 99210 7635
Redação Brasil: webmaster@folhablu.com.br | Redação Santa Catarina: blumenau@folhablu.com.br | Comercial: comercial@folhablu.com.br | Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: folhablu | WhatsApp: (47) 99210 7635
Blumenau - SC
Todos os direitos reservados