Folhablu | Negócios sobre rodas se consolidam e vivem expansão


Negócios sobre rodas se consolidam e vivem expansão

Publicado em: 2018-11-06 18:29:31

 

Você deve se lembrar que há dois ou três anos vivemos, no Brasil, a febre dos negócios sobre rodas. Era comum ver nascer, quase diariamente, um truck diferente no mercado. Os mais populares eram os food trucks, que ofereciam a chamada "comida gourmet" a preços convidativos. Gradativamente foram surgindo negócios sobre rodas em outros segmentos, como trucks que ofereciam serviços de banho e tosa para pets, vans que transportavam verdadeiras lojas de acessórios, outras só de óculos, trucks de moda feminina, etc.

 

O fato é que, assim como apontavam os especialistas à época, apesar da enorme quantidade de marcas e até de redes de franquias que nasceram pautadas pelo conceito, somente as melhores se consolidaram no mercado e mantiveram suas unidades operando anos depois. Uma das orientações, inclusive, era de avaliar bem a marca, modelo de negócio, viabilidade, etc, antes de embarcar na ideia e investir as economias no negócio. Paulo Ancona, sócio-diretor da Ancona Consultoria, era um dos especialistas a fazer tais recomendações.

 

A experiência de mais de 25 anos do consultor de gestão de negócios apontou a direção correta. Nem todas as marcas que surgiram no ápice da efervescência dos trucks conseguiram prosperar. Aquelas que contavam com modelos de gestão mais robustos consolidaram suas operações e seguem em crescimento.

 

É o caso do Busger, rede de hamburguerias que tem suas cozinhas a bordo de ônibus antigos e a proposta de oferecer o melhor da experiência da comida de rua combinado ao conforto das lanchonetes tradicionais. Rodrigo Arjonas e Luciano Oberle criaram o conceito do Busger em 2014. Testaram a proposta em alguns eventos e diante do sucesso resolveram adotar um endereço fixo em São Paulo. A primeira unidade foi instalada no coração do bairro do Ipiranga. “Foi lá que o negócio ganhou corpo. Depois, apostamos em um ônibus londrino, original, e levamos nosso negócio para a região de São Bernardo do Campo. Novamente, um grande sucesso. A partir daí surgiu uma busca natural pelo modelo de negócio que criamos e, claro, uma demanda crescente de clientes em busca dos nossos sabores”, comemora Arjonas, que admite ser fascinado por hambúrguer, aprecia burgers com frequência e realiza viagens para conhecer novas tendências de hamburguerias.

 

Os sócios explicam que a proposta do Busger é levar uma experiência diferente e de qualidade às pessoas, começando pelo ambiente. Os ônibus antigos, vermelhos e supercharmosos criam a atmosfera local. Eles ficam estacionados em pontos fixos, com espaço organizado com mesas, cadeiras, além de ombrelones para proteger do sol e aquecedores para os dias mais frios. Para completar, os espaços contam com televisões de 60 polegadas, iluminação com Led e som ambiente com rock and roll dos anos 1950 a 1980.

 

Arjonas observa que os clientes chegam curiosos para ver o busão de perto, acabam provando os itens do cardápio, passam pela experiência e acabam retornando mais vezes. “Brinco que todos vêm a primeira vez pelo 'busão' e retornam depois pela comida e experiência”.

 

Rodrigo Arjonas e Luciano Oberle, sócios-diretores do Busger, iniciaram em janeiro de 2017 o projeto de expansão da marca por meio do sistema de franquias com o negócio já testado e consolidado. De acordo com os empreendedores, além da grande procura pelos burgers e petiscos servidos nos ônibus, era crescente o número de pessoas que se interessava em fazer parte do negócio. Por isso, com auxílio de especialistas, formataram um modelo de negócios e começaram a avaliar os perfis de candidatos interessados. De lá para cá, já são oito unidades em operação. A franqueadora estima fechar 2018 com 15 unidades entre abertas e contratadas. O modelo de franquia da rede Busger tem investimento na ordem de R$ 500 mil para o início das atividades. A taxa de franquias é de R$ 50 mil e o retorno está previsto para o período de 12 a 24 meses. É necessário um capital de giro de aproximadamente R$ 15 mil. O faturamento médio mensal das unidades varia entre R$ 195 mil e R$ 220 mil.

 

 


Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 99210 7635
Redação Brasil: webmaster@folhablu.com.br | Redação Santa Catarina: blumenau@folhablu.com.br | Comercial: comercial@folhablu.com.br | Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: folhablu | WhatsApp: (47) 99210 7635
Blumenau - SC
Todos os direitos reservados