Folhablu | Revisão contratual é saída para fugir do endividamento


Revisão contratual é saída para fugir do endividamento

Publicado em: 2017-11-14 08:28:57

O expressivo índice de endividamento tem relação com o desemprego, que, segundo o IBGE, atinge 13,1 milhões de pessoas, e a consequente queda na renda das famílias. Diante desse cenário de crise, conseguir pagar o financiamento do veículo é hoje uma das principais preocupações dos brasileiros: em agosto, a taxa de inadimplência nesse setor ficou em 4,1% para pessoa física, levando em conta os financiamentos com mais de 90 dias de atraso, de acordo com a Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras (Anef).

 

 

A dificuldade em quitar as parcelas do veículo é agravada pelas taxas de juros de financiamento de automóveis, que, apesar de ligeira queda em 2017, giram em torno de 2,15% ao mês e 29,08% ao ano no CDC - Crédito Direto ao Consumidor -, segundo a associação das financeiras (Anefac). Já o levantamento da B3, que opera a base de cadastro das restrições financeiras de automóveis, mostra que 1.966.034 veículos leves foram financiados no Brasil no primeiro semestre deste ano, sendo 513.686 zero quilômetro e 1.452.348 usados.

 

Para Leonardo Casellato, especialista da Novo Ideal Consultoria, a revisão contratual é o melhor caminho para o consumidor compreender se as taxas de juros no contrato de financiamento do veículo estão corretas e se há alguma cobrança ilegal. “Cerca de 90% dos contratos de financiamento de veículos possuem juros abusivos ou cobrança de alguma tarifa indevida”, declarou o profissional.

 

Por esse motivo, a revisão contratual aparece como uma excelente alternativa ao refinanciamento da dívida ou mesmo à entrega amigável do veículo, “acordos” muito comuns diante da pressão que o consumidor sofre de bancos e agentes financeiros quando está com o financiamento atrasado. Essa situação está cada vez pior depois das novas decisões judiciais, que têm permitido busca e apreensão de automóveis com financiamentos praticamente quitados.

 

Ainda segundo o representante da Novo Ideal Consultoria, o problema é que, por não possuir ou não entender o contrato de financiamento, o consumidor acaba desconhecendo os juros e taxas que estão sendo pagas. “Por isso é que é tão importante a análise de um profissional especializado”, afirmou Casellato. Por ser uma empresa totalmente focada na revisão de juros abusivos em contratos, a Novo Ideal Consultoria oferece as soluções para auxiliar quem está com problemas no financiamento e, principalmente, evitar que o automóvel, comprado com tanta dificuldade, seja perdido.

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial