Prepare-se para a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2014

Publicado em: 2014-03-28 17:04:11

A declaração do Imposto de Renda Pessoa Física anual ainda é um desafio e motivo de inquietação para muitos brasileiros. Para os contribuintes que ainda estão despreparados ou nem pensaram sobre o assunto, a recomendação é não protelar mais.

 

Para Amerson Magalhães, diretor da Easynvest Título Corretora, muitos contribuintes acabam na malha fina por falta de informação, desorganização ou por deixar tudo para a última hora. “O ideal é que o contribuinte, todos os meses, separe e arquive os documentos que serão úteis no momento da declaração, como recibos ou notas fiscais de despesas dedutíveis do IR (como médicos, clínicas, dentistas, hospitais, educação, adesão ou aportes em planos de previdência privada, dentre outros)”. Para ele, os que não têm o hábito de acompanhar as suas finanças mensalmente, a declaração de ajuste anual é uma excelente oportunidade para isso. Analisando o resumo da declaração é possível concluir se houve aumento das receitas, como estão os rendimentos das aplicações, a evolução patrimonial e, especialmente, as dívidas.

 

Magalhães lembra, ainda, que no início do ano o contribuinte deve ficar atento ao recebimento dos informes de rendimentos financeiros, emitidos por instituições financeiras e pelas fontes pagadoras. “Estes documentos, também, são essenciais, pois trazem dados necessários para que a declaração seja preenchida corretamente”, complementa.

 

E para quem investiu em ações, atenção redobrada. O executivo dá algumas dicas para quem fez este tipo de investimento em 2013:

  • A apuração do resultado do investimento em ações é mensal e deve ser feita pelo próprio investidor. A apuração mensal ajuda na organização das informações e facilita o trabalho na declaração de ganhos com renda variável.

  • Todos os investidores que realizaram operações em bolsa devem fazer a declaração de renda variável, mesmo que não tenham obtido ganhos no período.

  • Ações mantidas em custódia em 31 de dezembro devem ser declaradas pelo custo de aquisição, nunca pela cotação do último pregão do ano.

  • Na hora de declarar, não informe o total de investimentos em ações em uma única linha, discrimine ativo por ativo, isso facilita o controle.

  • Os proventos a receber devem ser informados na ficha Declaração de Bens e Direitos.

  • Os rendimentos apurados em aplicações de Renda Fixa têm a tributação exclusiva na fonte e devem ser informados nesta mesma ficha pelo valor líquido do rendimento.

  • Cliente Easynvest tem à sua disposição a Calculadora de IR, que, com base nas operações realizadas através da corretora, calcula o valor do imposto, gerando automaticamente, quando necessário, o documento (Dard) para recolhimento do imposto.

 

E as demais modalidades de investimentos? Quais os cuidados na hora de elaborar a declaração? Segundo Magalhães, o investidor deve se balizar, sobretudo, nas informações contidas no informe de rendimentos. No entanto, ele também lista algumas recomendações:

  • Títulos do Tesouro Direto, fundos e debêntures, por exemplo, são tributados direto na fonte. As instituições financeiras, que intermediam as negociações (bancos e corretoras), são as responsáveis pelo recolhimento do tributo. No momento da declaração o investidor precisa ter em mãos o Informe de Rendimentos com o valor investido, o rendimento e o imposto pago. As alíquotas variam de acordo com o tempo investido, quanto maior o período do investimento, menor será a incidência de imposto. Para prazos inferiores a seis meses, a taxa é de 22,5%; deste período há um ano, a alíquota corresponde a 20%. Investimentos entre 12 e 24 meses têm incidência de 17,5%. Acima disso, o valor cai para 15%.

  • Caderneta de poupança, Letras Hipotecárias (LH), Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) são isentos de imposto de renda, mas seus rendimentos devem ser declarados na ficha Rendimentos Isentos e Não Tributáveis.

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial