Folhablu | Bolsa de Valores pode representar oportunidade para investidor em época de instabilidade política


Bolsa de Valores pode representar oportunidade para investidor em época de instabilidade política

Publicado em: 2017-06-21 14:15:55

O investimento em ações é comumente considerado de alto risco. Mas, ao contrário do que muitos pensam, a Bolsa de Valores pode, sim, dar um retorno satisfatório em médio e longo prazo, mesmo no cenário de turbulência política e econômica como o que o Brasil enfrenta. Especialistas defendem que este seria justamente o momento certo para investir no mercado de ações, uma vez que ele pode oferecer oportunidades de potencializar os ganhos devido à volatilidade do mercado.

 

Segundo o especialista em mercado de capitais e sócio da Interinvest Investimentos, Luís Fernando Zen, qualquer pessoa hoje pode ter acesso ao mercado de capitais. A dica para quem nunca investiu é procurar uma corretora de valores ou um assessor de investimentos para auxiliar nesse processo. Para quem tem interesse em começar, mas não sabe como fazer, o especialista dá algumas sugestões.

 

Como começar?

 

Quem quer começar a investir em renda variável deve procurar uma corretora de valores ou um assessor financeiro e fazer seu cadastro. Em 24 horas já será possível enviar as primeiras ordens ao mercado. A ordem é a instrução dada por um cliente à corretora para a execução de uma compra ou uma venda de ações.

 

Qual o valor mínimo para se investir?

 

As empresas de capital aberto são negociadas por lotes de 100 ações. Por exemplo, a ação da Petrobras custa 15 reais. O lote padrão será 100 x R$ 15,00, ou seja, R$ 1,5 mil. Existe ainda o mercado fracionário, que poderia ser negociado por múltiplos de uma ação, porém a liquidez é menor. Mas, em se tratando de ativos de primeira linha (empresas que possuem alta liquidez, com grande volume de negócios diários), apresentam uma relativa segurança. É importante lembrar que é essencial fazer uma diversificação de ativos, para diluir riscos. Não existe valor mínimo para se investir, mas a partir de R$ 5 mil já é possível montar uma carteira e diversificar em pelo menos três ações.

 

Que tipo de sistema deve-se utilizar?

 

Hoje existem múltiplas plataformas para se operar na bolsa. Você pode enviar as ordens diretamente do navegador de internet de sua preferência ou utilizando um smartphone e acompanhar seus investimentos. Para quem gosta de agilidade e ferramentas mais completas, existem plataformas profissionais (softwares). Cabe ao cliente avaliar os custos, visto que plataformas web e mobile em sua maioria são gratuitas, enquanto as profissionais têm custos variados.

 

Quais são os tipos de ações e como escolher o melhor para cada perfil?

 

O investidor que tem o perfil mais conservador deve escolher empresas consolidadas que possuam fluxo de caixa positivo e, sobretudo, que tenham uma política de distribuição de lucros consistente. Pode-se citar Bradesco, Itaú, Sanepar, Weg, entre outras. Já quem possui perfil mais arrojado pode apostar em empresas que são ligadas diretamente a uma recuperação econômica do Brasil. Na concretização da queda da taxa de juros e acesso ao crédito para os brasileiros, setores do varejo e da construção civil podem performar muito bem, como, por exemplo, Hering, Lojas Renner, Cyrela e MRV.

 

Existe um prazo ideal para se investir e ter retorno?

 

Não existe prazo mínimo. Porém, o investidor tem de ter a consciência de que pode ter prejuízos a curto prazo (menos de seis meses) devido à volatilidade dos mercados e, atualmente, principalmente por conta da instabilidade política. Porém, se seguirmos com boas escolhas na hora da comprar, a longo prazo (acima de três anos), os fundamentos da empresa irão prevalecer.

 

Quais são os riscos envolvidos?

 

O risco de o Brasil mergulhar novamente em recessão pode fazer o investidor amargar uma desvalorização do seu patrimônio. Porém, se as empresas em sua carteira forem saudáveis e estiverem prontas para passar por dificuldades e turbulências, certamente você terá grandes chances de ver os resultados muito antes do que imagina.

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial