Folhablu | Projeto da Fruticultura é apresentado ao governo do estado


Projeto da Fruticultura é apresentado ao governo do estado

Publicado em: 2017-05-26 10:26:43

O Projeto da Fruticultura, que visa incrementar a produção de frutas mediante a criação de linhas específicas de financiamento para acesso a novas tecnologias do setor, foi apresentado ao governador Raimundo Colombo, na Casa d'Agronômica, em Florianópolis, na segunda-feira, dia 22. De acordo com o idealizador, deputado Natalino Lázare, é uma ideia de incrementar ainda mais essa atividade na agricultura, porque é mais uma fonte de renda e é preciso dar esse apoio público aos produtores catarinenses.

 

"É uma alternativa econômica. Nós temos uma região muito próspera e desenvolvida na área da fruticultura, com solo preparado para isso, clima favorável e, sobretudo, com gente que tem a vocação de plantar e produzir frutas", afirma o parlamentar.

 

O governador elogiou e afirmou que é um estudo muito bom, profundo e que mostra caminhos importantes. Ressaltou, ainda, que os técnicos vão avaliar com bastante atenção os dados. O governador destacou que o tema é importante, envolve muitas famílias que dependem da fruticultura e que o governo tem programas para auxiliar. “Temos uma série de programas que nós precisamos afinar e fazer com que produzam ainda mais resultados”, explica Colombo.

 

Santa Catarina ocupa o 6º lugar em produção de frutas no Brasil. A região do meio-oeste é responsável por 50% da produção de maçã do país e também lidera a produção de uvas, dentre outras culturas.

 

De acordo com Natalino, os produtores que possuem áreas ociosas em suas propriedades passam a empregá-las para a produção de frutas. Para tanto, será disponibilizado ao agricultor um “pacote tecnológico” contendo informações como as variedades mais propícias ao clima e solo de cada região, formas de plantio e manejo, equipamentos para irrigação e proteção contra granizo e geada, já com os custos para implementação, e como acessar as linhas de crédito existentes.

 

Entre os principais partidários do projeto está o gerente de Pesquisa da Estação Experimental de Viticultura, Enologia e Frutas de Clima Temperado do município de Videira, Vinícius Caliari, que inclusive vem fornecendo suporte técnico para a sua elaboração. “A fruticultura é um grande investimento para o pequeno produtor, pois pode ser implementada até mesmo em pequenas áreas e de relevo inclinado. Se implementado, este projeto deve trazer mais famílias para o segmento e aumentar o retorno financeiro para as famílias que já atuam nele.” Outra possibilidade levantada é que parte das frutas cultivadas seja destinada à fabricação de sucos, cuja rentabilidade é assegurada a partir de pomares a partir de um hectare.

 

A criação de uma política específica para o fomento da fruticultura, afirma Natalino, também deve contribuir para tornar Santa Catarina autossuficiente em produtos que hoje são trazidos de outros estados. “Somente em 2015, importamos 12 milhões de toneladas de uvas do Rio Grande do Sul, algo que poderia ser feito aqui, pois temos solo e clima propícios, além da tecnologia necessária e pessoas vocacionadas para isso”.

 

De acordo com o mais recente relatório elaborado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), entre 2014 e 2015 as principais lavouras frutícolas permanentes no estado somaram algo próximo a 55 mil hectares. Esse cultivo envolveu cerca de 14 mil produtores e resultou em uma safra de mais de 1,5 milhão de toneladas, que foram comercializadas pelo valor bruto de R$ 1 bilhão.

 

Veja a galeria de fotos

Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial