Folhablu | Governo federal aumenta imposto para importação de cebola


Governo federal aumenta imposto para importação de cebola

Publicado em: 2017-12-15 05:05:31

 

O Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior (Gecex/Camex) aumentou o imposto para importação de cebola. A partir de 2018, a alíquota será de 25% e não mais de 10%. A medida atende uma demanda dos produtores brasileiros de cebola, já que o preço praticado em outros países era menor do que os custos de produção. Santa Catarina é o maior produtor nacional de cebola e será um dos estados mais beneficiados com a decisão.

 

Segundo informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), durante a reunião do Gecex/Camex, ficou estabelecido um cronograma para retorno gradual da alíquota ao nível estabelecido pela Tarifa Externa Comum do Mercosul, de 10%, em 2021. Até lá, o percentual será escalonado, ficando em 20%, em 2019, e 15%, em 2020.

 

Maior produtor de cebola do país, Santa Catarina teve uma safra recorde de 630 mil toneladas este ano, com preços baixos pagos aos produtores. O secretário da Agricultura e da Pesca em exercício, Airton Spies, explica que a safra de cebola acontece apenas em alguns meses do ano e a importação justamente nessa época acaba contribuindo para reduzir ainda mais os preços. “Isso acontece justamente no período em que os produtores precisam vender. Por ser um produto perecível, os produtores acabam perdendo sua renda”, ressalta.

 

De janeiro a outubro deste ano, o Brasil já importou 62,12 mil toneladas de cebola, principalmente da Argentina, Holanda, Espanha e Chile. Na safra 2015/16, a importação de cebolas chegou a 334,7 mil toneladas.

 

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial