Folhablu | Maternidades têm ações especiais na Semana de Doação de Leite Humano


Maternidades têm ações especiais na Semana de Doação de Leite Humano

Publicado em: 2018-05-15 23:46:13

O próximo sábado, dia 19, é o Dia Nacional de Doação de Leite Humano. Além dessa data, Santa Catarina tem também a Semana Estadual de Doação de Leite Humano. A finalidade das duas datas busca sensibilizar a população para a crescente demanda por leite humano como forma de garantir sobrevivência de bebês prematuros internados em UTI neonatais, cujas mães não conseguem suprir as necessidades dos filhos.

 

Em Florianópolis, entre os dias 14 e 16 de maio, das 8h às 17h, a Maternidade Carmela Dutra estará com um estande informativo em frente à instituição para sensibilizar a comunidade sobre os benefícios da doação de leite materno.

 

Já em Joinville, nesta semana, a Maternidade Darcy Vargas - MDV, dará lembranças às doadoras de leite humano durante as visitas domiciliares semanais. Neste ano, o Banco de Leite da Darcy Vargas recebeu a doação de um veículo totalmente equipado para a coleta do leite materno.

 

O estado tem 12 bancos de leite humano e seis postos de coleta. A  médica pediatra neonatologista, Maria Beatriz Reinert do Nascimento, responsável técnica pelo Banco de Leite Humano da Maternidade Darcy Vargas, de Joinville, referência para todo o estado desde 1999, destaca a importância da doação e dos bancos de leite humano.

 

“Pesquisas mostram o efeito protetor do leite humano pasteurizado em bancos de leite para os bebês prematuros, pois eles ficam mais protegidos de infecções. O leite processado, sob controle rigoroso nos Bancos de Leite Humano, é garantia de um alimento seguro, de qualidade, e que tem um papel essencial na recuperação de recém-nascidos prematuros e de baixo peso, na ausência do leite de suas próprias mães”, explica a médica.

 

Mulheres que estejam amamentando seus filhos são potenciais doadoras de leite humano. Para doar é preciso ser saudável e não estar tomando remédios que interfiram no período da amamentação. No Brasil, cerca de 30% do leite humano doado precisa ser descartado, por isso é fundamental que todos os passos da doação sejam seguidos https://rblh.fiocruz.br/pt-br/como-coletar-o-leite-humano-para-doacao.

 

Sempre que quiser a mulher em fase de amamentação pode doar leite humano. “Não há uma quantidade específica de vezes em que uma mulher pode doar, pois isso varia de pessoa para pessoa. Quanto mais a mama é estimulada, seja para doação ou para alimentação do bebê, mais leite ela será capaz de produzir”, explica Maria Beatriz. Não há quantidade mínima para que seja feita a doação. "É importante ressaltar que um litro de leite humano pode alimentar até dez bebês internados" complementa a médica.

 

Em 2017, foram realizadas 9.244 visitas domiciliares e  74.793 atendimentos a mulheres catarinenses, das quais 6.476 foram doadoras de 13.773,0 litros de leite humano. O leite humano doado nos bancos e postos de coleta beneficiaram 8.211 recém-nascidos doentes ou prematuros.

 

Foto: Paulo Goeth

 

 


Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 99210 7635
Redação Brasil: webmaster@folhablu.com.br | Redação Santa Catarina: blumenau@folhablu.com.br | Comercial: comercial@folhablu.com.br | Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: folhablu | WhatsApp: (47) 99210 7635
Blumenau - SC
Todos os direitos reservados