Folhablu | H1N1: saúde insiste na prescrição de Tamiflu em até 48 horas


H1N1: saúde insiste na prescrição de Tamiflu em até 48 horas

Publicado em: 2016-07-06 20:49:30

A Secretaria de Estado da Saúde, por meio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica, vai fazer uma forte ação de conscientização junto a médicos, principalmente de postos de saúde e unidades de pronto-atendimento, de todo o estado sobre a necessidade de prescrição do medicamento Tamiflu nas primeiras 48 horas após o surgimento dos sintomas básicos da gripe A (febre alta, calafrios, tosse, dor de cabeça, dor de garganta, cansaço, dor muscular e coriza).

 

A constatação é de que está havendo, por diversos motivos, muita resistência ao protocolo do Ministério da Saúde que recomenda a ingestão do Tamiflu em até 48 horas. Hoje, de acordo com a Vigilância Epidemiológica, o tempo médio de prescrição do medicamento está na faixa dos seis dias após os primeiros sintomas - prazo muito tardio.

 

De acordo com dados da Secretaria da Saúde, com a ingestão do Tamiflu em até 72 horas, a gripe evolui para cura; após este prazo, pode ir a óbito.

 

"Aos primeiros sintomas, a população deve procurar a unidade de saúde mais próxima. E, confirmado o diagnóstico, o profissional deve prescrever o consumo imediato de Tamiflu", destaca o secretário de estado da Saúde, João Paulo Kleinubing.

 


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial