Folhablu | Workaholic x worklover x síndrome de Burnout (questões emocionais ligadas ao trabalho)


Workaholic x worklover x síndrome de Burnout (questões emocionais ligadas ao trabalho)

Publicado em: 2011-03-06 15:31:11

Cuidar do ambiente profissional é fundamental. A maior parte do dia é dedicado ao trabalho. Saiba um pouco mais sobre questões emocionais ligadas a esse tema.

O que é workaholic? Pessoas "viciadas em trabalhar". Esse nome vem do inglês que teve origem na palavra alcoholic (alcoólatra). Sintomas da workaholic: tempo e energia direcionado de forma compulsiva para a área profissional. Outras áreas da vida ficam prejudicadas por falta de dedicação. Consequências do workaholic: a pessoa workaholic fica alheia à vida cotidiana e por isso as pessoas se afastam; não há tempo ou vontade de fazer atividades físicas, tratamento médico ou preventivo, momentos de descanso e lazer, etc; saúde física e mental fica afetada diretamente, podendo ocasionar insônia, comportamento explosivo e mal humorado, impotência, perfeccionismo (insatisfação quando algo não sai como gostaria), depressão, ansiedade, medo de fracassar.

O que é worklover? Pessoas que amam seu trabalho, têm prazer no que fazem, estão satisfeitas com o trabalho e sabem lidar melhor com as dificuldades do dia a dia. Sintomas do worklover: muitas horas são dedicadas ao trabalho com prazer, há satisfação e equilíbrio em outras áreas da vida, sabe priorizar o que é mais importante, sofre menos de estresse garantindo saúde mental e física por mais tempo. Consequência do worklover: a princípio não há consequências negativas, nem problemas, mas a atenção deve existir, pois muitos workaholics se iludem, num primeiro momento, se achando worklover.

O que é síndrome do Burnout? Do inglês burn (queima) e out (exterior), é um estresse ocupacional. Há desgaste e exaustão física e emocional, sintomas bem parecidos com a depressão (onde o foco é o trabalho). Sintomas da síndrome de Burnout: costuma-se fazer uma avaliação negativa do desempenho profissional, levando a baixa autoestima, dores de cabeça, insônia, perda de peso, tensão muscular, baixo rendimento pessoal, incapacidade de concentração, baixa tolerância à frustração, ímpeto de abandonar o trabalho e agressividade. Consequência da síndrome de Burnout: falta de vontade de trabalhar, angústia, tristeza, etc.

São pessoas excessivamente críticas, muito exigentes consigo mesmas e com os outros e que têm maior dificuldade para lidar com situações difíceis, possuem idealismo elevado, excesso de dedicação, alta motivação, perfeccionismo, rigidez.

A combinação de técnicas diferenciadas, como hipnose ericksoniana, coaching de vida e novo código (atualização) da PNL são usadas em sessões de consultoria específica.

Essas sessões são úteis em muitos aspectos; é possível descobrir suas reais necessidades e habilidades; aprender a perceber o que já está desenvolvido, depois criar esse mesmo padrão de excelência em outras partes da vida que se deseja.

Você poderá com a mesma excelência e destreza adquirir sucesso em outras áreas da vida. E isso agora será feito de forma equilibrada e adequada. Existem muitas maneiras de fazer a mesma coisa com o mesmo nível de resultado satisfatório. Você poderá a partir desse momento ter novos aprendizados e novas escolhas. Sucesso a você!

Por Adriana de Araújo

Psicóloga

www.desenvolvimentoexcelencia.com.br


Fale com a Folhablu

Fones: (47) 3232 7154 | 9138 4105
Redação: webmaster@folhablu.com.br
Comercial: comercial@folhablu.com.br
Financeiro: financeiro@folhablu.com.br
Skype: skype@folhablu.com.br

Blumenau – SC
Folhablu notícias e publicidade digital - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial